Uma possível rota para espaçonaves alienígenas pode ter sido identificada na Nebulosa de Orion...

 
 
Em 3 de fevereiro de 2019, um astrônomo amador usando um telescópio Skywatcher 8 com a câmera ZWO-AS1174MM-USB3 capturou três OVNIs em forma de charuto viajando no espaço perto da Nebulosa de Orion (M42).
 
As imagens mostram a Nebulosa de Órion e o espaço circundante quando, de repente, um grande OVNI branco em forma de charuto aparece no espaço, acompanhado por dois outros UFOs em forma de charuto em cada lado da aeronave principal. Os dois OVNIs são menos visíveis, talvez voando a uma distância maior do OVNI branco.
 
 
Juntos, eles voam em formação e parece que um quarto OVNI em forma de charuto segue a uma certa distância atrás dos três enormes OBJETOS alienígenas. Dada a distância que eles cobrem em um tempo muito curto, a velocidade deve ser enorme. Todos os quatro objetos eram da nebulosa de Orion. Não é a primeira vez que OVNIs são vistos perto da M42 Orion Nebula, parece haver uma verdadeira 'rodovia' de naves espaciais alienígenas.
 
Com todos os outros vídeos mais antigos, que são sobre avistamentos de OVNIs perto da Nebulosa de Orion, esta filmagem é mais uma prova de que muitas destas naves alienígenas interestelares estão presentes nessa área. 
 
 
 
 

Um enorme OVNI foi fotografado próximo da Nebulosa de Órion em 2018

 
A Nebulosa de Orion (também conhecida como Messier 42, M42 ou NGC 1976) é uma nebulosa difusa situada na Via Láctea, ao sul do Cinturão de Órion, na constelação de Órion.
 
M42 está localizada a uma distância de entre 1500 e 1800 anos-luz, e é a região de formação maciça de estrelas mais próxima da Terra.
 
 
Em 7 de novembro de 2018, Moonshot23 avistou um imenso OVNI em forma de charuto perto da Nebulosa de Órion M42, passando por sua tela enquanto empilhava imagens em seu programa. “Os três segundos entre as fotos esticam o objeto, eu testei”, ele disse.
 

Houve em 2017 varias aparições

 
Em 29 de novembro de 2017, um vigia da Carolina do Norte estava coletando dados sobre a nebulosa M42 Órion.
 
Enquanto ele ainda estava focando seus telescópio Newtoniano de 20 cm, um OVNI gigante em forma de charuto apareceu na tela de seu notebook, o qual ele capturou em um único quadro de 30,2 segundos.
 
 
 
Bem quando ele pensou que a emoção havia acabado, vários outros objetos apareceram na tela do notebook, os quais ele também capturou em uma sequência de 5 quadros em 30,2 segundo cada, e mostra claramente o movimento dos objetos na parte inferior dos quadros.