Queda de OVNI na Russia deixa vestígios reais que objetos de origem extraterrestre estão visitando a Terra

29/01/2018 10:32
 
 
Um suposto incidente de queda de OVNI na Rússia, também conhecido como o Incidente de Roswell da União Soviética, ocorreu em 29 de janeiro de 1986 às 19h55 em Dalnegorsk, uma pequena cidade mineira no Primorsky Krai, no Extremo Oriente da Rússia.
 
Naquele dia frio de janeiro, uma esfera laranja-avermelhada voou sobre a cidade, cruzou uma parte de Dalnegorsk e caiu na montanha Izvestkovaya (Lime) também conhecida como Monte 611 (Hill 611), devido ao seu tamanho. 
 
O objeto antes de sua queda aumentava e diminuía lentamente o seu brilho na mesma sincronia que mudava de velocidade e direção. Chegando ao Monte 611 o objeto fez um leve salto e caiu como uma rocha. Varias testemunhas relataram ter ouvido o tremor.
 
 
Segundo varias testemunhas, foi possível perceber que antes da queda o objeto se movia de forma estranha, como se alguém tivesse tentando recuperar o controle do objeto antes dele cair.
 
Cerca de 3 dias após o acidente, um grupo de cientistas liderados por Valery Dvuzhilni, chefe do Comitê do Extremo Oriente para fenômenos anômalos, encontrou o provável local da colisão do objeto no Monte 611. O terreno dentro da zona do acidente foi carbonizado devido à exposição a altas temperaturas. As pedras no local do impacto foram cobertas por uma especie de 'filme' preto, e haviam muitas arvores queimadas.
 
 
 
Foram relatados vários testes com os materiais alienígenas recuperados. Há relatos de outros materiais recuperados, incluindo uma malha alienígena (uma possível parte da construção do OVNI caído) contendo altos níveis de ouro e outros elementos extremamente raros - alguns não foram identificados.
 
 
Além disso, inúmeras anomalias encontradas na área do Monte 611 foram divulgadas através de um artigo soviético publicado no Tainy XX Veka. Os membros de uma expedição ao local do impacto informaram que suas lanternas pararam de funcionar, todas ao mesmo tempo, ou seja, anomalias eletromagnéticas foram registradas. As fotos tiradas do local tambem apresentaram varios tipos de erros incomuns - todas com varios problemas de visualização.