Pirâmide descoberta na Indonésia pode ser a mais antiga do mundo

29/12/2018 10:45

Uma pirâmide que pode ser a mais antiga encontrada até o momento no mundo foi descoberta no cume do monte Padang, na Indonésia.

 

 

Uma equipe de cientistas e geólogos indonésios apresentou no dia 12 de dezembro a descoberta de uma estrutura piramidal. A estrutura está localizada debaixo de um sítio arqueológico descoberto no início do século XIX, e abriga filas de pilares de pedra antigos.
 
Com o uso de radar de penetração no solo, tomografia de raios X, imagens 2D e 3D, perfurações e escavações, os pesquisadores descobriram várias camadas de uma estrutura que se estende por uma área de cerca de 150 mil metros quadrados. A pirâmide teria sido construída ao longo de milênios, as várias camadas representam diferentes períodos.
 
Na parte superior da pirâmide há pilares de basalto que emolduram os terraços escalonados com arranjos de colunas rochosas "formando paredes, passagens e espaços". Segundo os pesquisadores, essa camada remonta de 3.000 a 3.500 anos atrás.
 
Abaixo da superfície, a uma profundidade de cerca de 3 metros, há uma segunda camada de colunas rochosas semelhantes com idades entre 7.500 e 8.300 anos. Uma terceira camada, que se estende a 15 metros abaixo da superfície, tem mais de 9.000 anos, podendo ter até 28.000 anos, indica o estudo. Se esses dados forem confirmados, seria a mais antiga estrutura piramidal conhecida até hoje.
 
Embora a estrutura se assemelhe a uma pirâmide, ela é diferente das pirâmides construídas pelos maias, esclareceu ao Live Science Danny Hilman Natawidjaja, cientista do Instituto de Ciências da Indonésia.
 
 
 
"É um templo único", disse Natawidjaja.
 
Atualmente as pessoas usam o topo do monte Padang como um lugar sagrado para oração e meditação.