Os artefatos sagrados misteriosos que o rei Salomão possuía: Carruagem Celestial, Arca da Aliança e o Selo de Salomão

 
 
Artefatos do Rei Salomão, como a Arca da Aliança e o Selo de Salomão - relíquias com poderes sobrenaturais que teriam sido tecnologia avançada no passado
 
O rei Salomão foi um importante soberano de Israel. Ele possuía vários artefatos misteriosos, como a Arca da Aliança, o Selo de Salomão e um item incomum chamado "Shamir". 
 
Esses aparelhos foram atribuídos a propriedades tecnológicas, como comunicação divina, vôo e propriedades paranormais, como dominar os 4 elementos da natureza e controlar espíritos e demônios.
 
A Chave Menor de Salomão é um grimório de demonologia atribuído ao Rei Salomão. Fala de invocações mágicas para controlar anjos e demônios. Ele também teria instruções para adquirir habilidades paranormais, como invisibilidade.
 
Os feitiços usariam o poder do deus Javé. De acordo com pesquisas, os rabinos judeus fizeram uma gravação em placas de cobre dessa sabedoria. Esta gravura foi chamada de Clavículas de Salomão.
 
De acordo com o site MagicalKeysOfSolomon, o rei hebreu seria capaz de entender completamente o poder divino de Yahweh e também dominar poderosos grupos hierárquicos de demônios (jinns ou gênios).
 
A Carruagem Celestial
 
De acordo com o antigo texto chamado Kebra Nagast ou Livro da Glória dos Reis da Etiópia, o Rei Salomão foi visitado pela Rainha Sheba para ver a famosa Arca da Aliança.
 
 
Ela ficou com o rei hebreu por alguns meses e voltou grávida (...). De acordo com o Kebra Nagast, Salomão visitou Sheba e seu filho Menelik viajando em uma "carruagem celestial", uma 'nave voadora'.
 
O Selo de Salomão
 
Este selo veio em um anel de origem divina dado pelo arcanjo Miguel. Este anel continha o próprio selo de Deus na forma de um pentagrama. Era feito de bronze e ferro.
 
Da mesma forma, ele tinha 4 joias preciosas com as quais podia exercer controle sobre os 4 elementos da natureza: ar, água, terra e fogo.
 
Com este selo, o rei pode convocar e interrogar demônios. Assim, ele aprendeu seus nomes, moradas, que anjo eles eram originalmente, suas funções malignas e quais anjos tinham poder sobre eles.
 
Mesa de Salomão
 
Em alguns relatos é mencionada esta mesa de acácia, ouro e com um espelho na parte superior. Lendas e crônicas romanas e europeias afirmam que essa mesa tinha um poder esotérico com o qual Salomão controlava os elementos da natureza e até mesmo os chamados "sete climas do Universo".
 
Também serviu para visualização remota de qualquer lugar do mundo (e do passado e futuro). O escritor Juan Eslava Galán afirmou que esta mesa continha o verdadeiro nome oculto de Deus: o Shem ha-meforash que aparece na Cabala.
 
O Shamir
 
 
 
Este Shamir pode ser um artefato, uma criatura ou demônio. Ele teria certas propriedades como radioativo porque poderia alterar ou cortar rochas, ferro e diamante. A mitologia judaica diz que Salomão construiu o Primeiro Templo em Jerusalém com ele.
 
A Arca da Aliança
 
O famoso baú sagrado feito desde a época de Moisés, guardado por Salomão no Primeiro Templo de Jerusalém. A Arca da Aliança seria um artefato de conexão com o deus Javé, por meio de seus querubins.
 
Fonte: Ancient Code \ History \ Documentarios