Oficiais da Marinha afirmam: Indivíduos que desconhecemos nos fizeram apagar evidências de encontros com OVNIs

 
 
Por vários dias em novembro de 2004, um cruzador de mísseis da Marinha navegando a cerca de 160 quilômetros da costa do sul da Califórnia detectou estranhos sinais de radar emanando de um objeto no céu.
 
Os sinais eram erráticos e não pareciam coincidir com os emitidos por aeronaves conhecidas. A Marinha então despachou caças para examinar mais de perto o objeto estranho, e um conseguiu gravar um vídeo embaçado em preto e branco que, para desgosto do governo, foi divulgado publicamente em 2017, juntamente com outros dois vídeos de encontro com OVNIs de anos depois.
 
Cinco veteranos da Marinha recentemente conversaram com a Popular Mechanics sobre o que testemunharam na época. Os veteranos faziam parte do Strike Carrier Group 11 da Marinha dos EUA e estavam navegando no USS Princeton em uma missão de treinamento antes de sua próxima missão no Mar Arábico.
 
Os estranhos sinais de radar vinham de um objeto que mudava rapidamente de altitude, às vezes espreitando a 80.000 pés (24.000 metros) e outras vezes pairando a 30.000 pés (9.000 metros), disseram à Popular Mechanics. O OVNI ficou conhecido como ‘Tic Tac’ devido ao seu formato. O Tic Tac emitia um brilho fosforescente à noite e disparava em várias direções, disse um dos veteranos, Gary Voorhis, que olhou para o objeto através de binóculos do navio.
 
Voorhis lembrou que algum tempo depois que os oficiais gravaram esses estranhos sinais de rádio, duas pessoas apareceram em um helicóptero e, 20 minutos depois, a cadeia de comando de Voorhis (uma figura de autoridade superior) disse para ele entregar as gravações de dados. Sua cadeia de comando também lhe disse para excluir as gravações no navio.
 
 
Ele diz ao Popular Mechanics:
 
Eles até me disseram para apagar tudo o que estava no local – até as fitas em branco.
 
Da mesma forma, o suboficial Patrick ‘P.J.’ Hughes, que era técnico de aviação, disse que seu comandante e dois homens desconhecidos pediram que ele entregasse os discos rígidos do avião.