O mistério de Asura: Os blocos de granito foram cortados tão precisamente que parece que foram feitos com tecnologia a laser

 
 
Um dos estranhos artefatos de pedra na área de Asuka, perto da cidade de Takasago, no Japão, parece não se encaixar na historia tradicional como a conhecemos. 
 
 
Aparentemente, o bloco de granito conhecido como Ishi no Hoden foi cortado tão precisamente que parece que foi feito com instrumentos a laser, e, ainda hoje, é um dos maiores misterios da atualidade..
 
 
 
Alguns levantam a hipótese de que ele poderia ter sido construido pelos sucessores de Atlântica, em posse de técnicas para amolecer a pedra, derreter e solidificar. 
 
Segundo as antigas crônicas japonesas, os antigos eram capazes de se mover sobre os mares e outros territórios em navios e até em cidades aéreas - isso também esta presente em outras culturas.
 
 
Este enorme monólito é simplesmente único não existe nada parecido com ele nas localidades de Asura. 
 
Este bloco de pedra esculpido com perfeição, tem um peso incrível de cerca de 5.600 toneladas. O termo Ishi no Hoden significa "rocha flutuante que vem do céu", e é dito que por dentro, esteja a alma de um deus. 
 
A tradição local diz que o monólito está ligado a um dos primeiros deuses que desceram do céu no Japão, que sobrevoaram o país a bordo de uma gigantesca "nave" de pedra.
 
Vários edifícios admiráveis ​​podem ser vistos no parque japonês Asuka. Aqui, os enormes megálitos estão 'descansando' há vários séculos, cujo objetivo exato permanece incerto. 
 
De acordo com a versão principal dos pesquisadores, os megálitos gigantes com os padrões esculpidos na superfície serviam como antigos altares de sacrifício, mas é apenas uma teoria. Um dos megálitos mais interessantes é Sakafune Ishi, outro artefato inexplicavel. 
 
 
 
Um fato notável é que a rocha de granito a partir da qual os megálitos foram criados é incrivelmente sólida. Mesmo com equipamentos modernos, é extremamente complicado aplicar um único arranhão na superfície dessas rochas.
 
De que maneira as pessoas trabalhavam no granito sólido há milhares de anos, decorando-o com padrões perfeitos, é um grande enigma da ciência moderna e quase indecifravel.