Nostradamus previu uma invasão extraterrestre para 2020?

 
 
Para muitas pessoas, essa profecia começa iniciando a Terceira Guerra Mundial, após a chegada de seres extraterrestres ao nosso planeta. 
 
Alguns relacionam essa chegada com o segundo retorno de Cristo. O atual presidente da Rússia, Vladimir Putin, conseguiria formar um pacto com os seres invasores, que mais tarde viveriam em paz na Terra, mas os alienígenas forçariam uma mudança de DNA em nosso genoma, a fim de tornarem menos agressivos. 
 
Do mesmo modo, é Putin quem é detalhado nesta profecia como responsável por iniciar a terceira guerra mundial.
 
O livro do Apocalipse confirma
 
O último livro da Bíblia chamado Apocalipse revela explicitamente os sinais inequívocos do fim dos tempos, antes do retorno do messias prometido. É mencionado que este advento será precedido por um grande conflito mundial, que começará com a queda das estrelas.
 
Isso vem para ser a confirmação da profecia de Nostradamus, ele indica que neste período uma invasão alienígena deve ocorrer, que é o que a Bíblia chama de queda das estrelas, um fato que marcará o início da Terceira Guerra Mundial, que será curta, mas exterminadora, ele diz que irá morrer um terço da população mundial, isto é, cerca de 2.500 milhões de pessoas e então o fim chegará.
 
 
Na verdade, as profecias bíblicas e as previsões de Nostradamus se complementam, apenas um estudo cuidadoso de ambos os escritos pode nos dar luz suficiente para entender completamente o resultado iminente dos eventos que marcarão o destino final do mundo que foi previsto, no texto sagrado. 
 
É claro que é necessário que a humanidade se prepare para uma grande tribulação..
 
Essa tribulação é dada principalmente pela ocorrência de um conflito de guerra tão devastador quanto a terceira guerra mundial, que além de acabar com quase metade da humanidade, trará todos os tipos de males à Terra, como epidemias, mutilações, fome, defeitos congênitos a implementação de armas químicas e biológicas, entre outras calamidades.
 
Papel das potências mundiais na batalha final
 
Esta terceira guerra mundial não tem nada a ver com as anteriores, é a menos terrena das guerras e o que está em jogo é o poder universal da eternidade. No entanto, as potências mundiais para perceber que o resultado desse conflito é algo que elas não podem controlar, já começaram a mover suas peças para garantir posições privilegiadas na nova ordem mundial que seria estabelecida.
 
Atualmente, dois pólos de poder bem definidos estão configurados no cenário geopolítico mundial; por um lado, localizam-se as potências ocidentais lideradas pela aliança EUA-Vaticano; por outro, localizam-se as potências orientais comandadas pela aliança Rússia-China.
 
Ambas as facções estão atualmente lutando pelo controle de espaços estratégicos que podem fazer a diferença no resultado da Terceira Guerra Mundial, como Síria, Ucrânia, Líbia e Venezuela. Mas são os russos que aumentaram a aposta ao entrar em negociações diretas com os 'estrangeiros' (seres alienigenas) que se preparam para a invasão iminente da Terra, não lhes ofereceram resistência e, em vez disso, colocaram à disposição deles trabalho escravo contribuído pela grande população do eixo China - Índia.
 
 
Tudo isso em troca de serem seus aliados na Terceira Guerra Mundial e de contribuir para a destruição das forças da OTAN lideradas pelos Estados Unidos.