Monte Musinè: A montanha onde pessoas são sequestradas por seres vindos do céu..

 
 
Turim, Itália
 
Muitas das montanhas do mundo possuem atividade persistente de OVNIs, tanto na era moderna quanto nos confins da antiguidade. Talvez um dos mais intrigantes seja o Monte Musinè, com vista para Turim, na Itália. 
 
Existem vários encontros ufológicos que se destacam nesse local, alguns dos quais examinaremos em breve. Além disso, esses incidentes de OVNIs parecem ter se prolongado por milhares de anos..
 
Monte Musinè
 
A uma altitude de quase 1.200 metros, o Monte Musinè se encontra em uma encruzinhada única de historia, geologia e fatos inexplicáveis. 
 
Nick Pope (Ministério Britânico da Defesa): Esta é uma montanha onde ao longo dos anos, desde o inicio da história humana registrada, coisas estranhas foram vistas. Muitas luzes foram reportadas; as vezes essas luzes foram associadas a forças do bem e as vezes a forças das trevas. Mas, sem duvida, ao longo dos anos, tem havido uma série de acontecimentos estranhos nessa montanha. 
 
O Monte Musinè fica na extremidade leste do Vale de Susa na Italia, durante a idade do bronze, mais de 3.000 anos atrás, esse vale representou um importante cruzamento, onde o povo celta entrou em contato com as civilizações mais importantes da época. 
 
Os celtas do norte da Italia entraram em contato com os etruscos, os egipcios e os gregos. Cada uma dessas culturas tinha tradições politeistas distintas mais muito semelhantes, nas quais adoravam um panteão de deuses que deciam a Terra dos céus. E todos eles veneravam o Monte Musinè como um lugar de poder. 
 
O incidente dos “dois caminhantes” de dezembro de 1978
 
Talvez o mais conhecido dos avistamentos de OVNIs da era moderna tenha ocorrido na tarde de 8 de dezembro de 1978. Dois amigos estavam caminhando na encosta do Monte Musinè quando uma luz severamente ofuscante apareceu do nada. O flash bizarro aparentemente deixaria cada um deles inconsciente.
 
Quando um dos caminhantes despertou, ele descobriu que seu amigo havia desaparecido. Ele agora em pânico reunia rapidamente outros pessoas para que pudessem ajudar na busca por seu amigo. Após várias horas de busca, eles o encontrariam. Ele estava aparentemente em choque e teve uma “queimadura grave” na perna.
 
 
Quando ele finalmente voltou a si, tinha uma história bizarra para contar. Ele alegaria que uma grande nave apareceu no alto, do qual quatro seres desceram. O caminhante de repente se vê paralisado e se levantando do chão - contra sua vontade. Ele estava indo em direção à nave que pairava. Sua memória do incidente iria parar naquele momento.
 
No entanto, vários meses após o evento, os dois caminhantes sofreriam um súbito aparecimento de conjuntivite agressiva. Os pesquisadores de OVNIs sugerem que isso foi causado pela exposição à luz de origem desconhecida. O caso permanece inexplicável até hoje.
 
Atividade UFO abundante na área
 
Avistamentos estranhos de esferas brilhantes e naves semelhantes a discos podem ser encontrados durante a era moderna dos OVNIs. 
 
Cinco anos antes do incidente com os dois caminhantes, em 2 de dezembro de 1973, a tripulação e os passageiros de um avião comercial italiano testemunharam estranhas esferas brilhantes aparentemente atravessando os céus sobre o Monte Musine. Parece que os orbes tinham uma forma definida de disco segundo relatos.
 
Além disso, a Força Aérea Italiana escalaria jatos para a região, cujos pilotos também veriam a nave bizarra. No entanto, eles não conseguiriam interceptá-lo, com o objeto estranho simplesmente desaparecendo toda vez que se aproximavam. De acordo com reportagens de jornais da época, centenas de pessoas no local também testemunharam os acontecimentos bizarros.
 
Em tempos mais recentes, em 8 de março de 1996, dois homens estavam - como os dois caminhantes - andando na área. Eles testemunhariam uma "aeronave cilíndrica" pairando sobre o topo do Monte Musine. Eles alegariam ainda que havia uma "fluorescência amarelada" em torno da nave estranha.
 
Outro Mistério...
 
Segundo os teóricos dos antigos astronautas, o Monte Musinè pode de fato ser um local especial na Terra por causa da sua localização. 
 
William Henry (Escritor e Mitólogo Investigativo): O Monte Musinè tem uma incrivel historia de poder e mistério. O significado de sua posição é que esta localizada em uma Linha Ley que é um local de encontro de energias da Terra. 
 
O conceito de Linhas Ley se originou na década de 1920 com o fotografo de paisagem ingles e arqueólogo (amador) Alfred Watkins... Enquanto pesquisava para seu livro 'The Old Straight Track', Watkins fez a curiosa descoberta de que muitas das pedras eretas pré-historicas e importantes sitios arqueológicos antigos da inglaterra e da frança se alinham em linhas perfeitamente retas. 
 
 
 
Hugh Newman (Autor, Megalith: Studies In Stone): As Linhas Ley são um alinhamento de sítios antigos - quatro ou mais deles a qualquer distancia -, que se espalham pelo mundo inteiro.
 
Skellig Michael
 
Uma das Linhas Ley mais significativas já identificadas é a linha de São Miguel: Apartir de Skellig Michael, na Irlanda, até o mosteiro Stella Maris em Israel (imagem abaixo).
 
 
Incrivelmente não existe registro de que as pessoas que moravam nesses locais tivessem coordenado isso: Um dos locais pelos quais a linha de São Miguel passa é o Monte Musinè.
 
Nick Pope (Ministério Britânico da Defesa): Você tem essa linha reta de todos esses sítios, e não são apenas sitíos antigos, são sítios de energia. Os antigos acreditavam que certas partes do mundo emanavam poder e energia e o Monte Musinè esta exatamente nessa linha. 
 

Fonte\Fonte\Fonte