Especialistas confirmam: Existe atividade anômala não humana no céu do Monte Adams

Nos últimos 33 anos cientistas da Boeing, da NASA e da Lockheed Skunk vieram a esse local para pesquisar a atividade no céu. O que esta sendo registrado é absolutamente impressionante!! 
 
 
 
Em maio de 2019, o ex-oficial britanico Nick Pope, visitou o Rancho da ECETI (Enlightened Contact with Extra Terrestrial Intelligence) no noroeste do pacifico para testemunhar de perto o que acontece por lá.
 
Caçadores de OVNIs consideram o local um grande ponto quente para fenômenos aéreos inexplicaveis. Nos ultimos 33 anos cientistas da Boeing, da NASA e da Lockheed Skunk vieram a ECETI para pesquisar a atividade no céu. 
 
Mas o que diferencia a ECETI de outras organizações de observação de OVNIs é que sua ferramenta observacional mais poderosa não é um telescópio, mas visualizadores remotos.
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Eu estava no comando do governo britânico na área de 'arquivos X' (fenômenos inexplicaveis) quando observei OVNIs, circulos nas plantações e abduções alienigenas. Qualquer coisa misteriosa e inexplicavel eu investiguei..
 
Na ECETI, o especialista em visualização remota do governo John Vivanco, e o observador de OVNIs, Peter Slattery, lideram uma equipe de visualizadores remotos. O atual objetivo deles é entender melhor o porque do grande aumento em avistamentos de OVNIs sobre o Monte Adams no estado de Washington. 
 
Nick Pope em um dialogo com ambos já dentro do Rancho da ECETI: 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Então me digam, por favor, quais são suas respectivas atividades aqui..
 
Algumas luzes registradas de melhares... 
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Eu sou um visualizador remoto. Eu tenho feito isso profissionalmente há mais de 20 anos, e dirijo uma equipe de visualizadores remotos e trabalhando em projetos do tipo olhando para difentes tipos de fenômenos que não podem ser explicados por meios convencionais. 
 
Peter Slattery (Autor, The E.T. Contact Experience): Sou conhecido como contatado, mas também faço eventos de observação do céu. Então vamos assistir ao céu e ver o que acontece. 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Onde vamos fazer isso?
 
Peter Slattery (Autor, The E.T. Contact Experience): Nós vamos para o campo de observação do céu aqui proximo onde vamos ter uma ótima vista de tudo.
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Ótimo, vamos.
 
Enquanto Nick se junta a Peter para conduzir a vigilancia em campo, Jonh coloca dois visualizadores remotos em uma sala sem janelas, armados apenas com nada mais que um lapís e um bloco de desenho.
 
No local da observação do céu...
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Então o que esses visulizadores remotos vão realmente fazer lá? 
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Não é como ver, recebemos trechos visuais e muitas sensações corporais. Basicamente eles vão desenhar e escrever muito em papéis. 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): E depois, uma vez que tenhamos os dados, como vamos analisá-los? 
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Então vou coletar essas informações quando terminarem, e depois pela manhã podemos nos encontrar e ver o que vamos encontrar.
 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Ótimo, me parece interessante. Espero que tenhamos algum resultando interessante e significativo. 
 
Depois de discutir os detalhes da observação noturna, Peter e Nick se separam de John; eles (Peter e Nick) se juntam ao restante da equipe de observadores do céu - em campo. 
 
Pouco antes de iniciar a observação noturna..
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Vejo que a equipe de pesquisa cresceu um pouco.
 
Peter Slattery (Autor, The E.T. Contact Experience): Sim, temos o Adam Wallberg. Ele vai nos ajudar como nosso rastreador de satélite. É muito importante ser rapido, sabendo muito bem mexer nos equipamentos. As vezes podemos ter duas coisas nos céu ao mesmo tempo, e um deles poderia ser um satélite ou não. As pessoas podem misturar tudo, então quanto mais focados no céu estivermos melhor. Por isso temos o Adam que esta focado em rastrear satélites.
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Ótimo, então estamos nos certificando para não perder nada?
 
Peter Slattery (Autor, The E.T. Contact Experience): Não queremos atrapalhar as coisas, tudo deve ser perfeito.
 
A equipe começa a trabalhar na instalação da estação de vigia antes que o Sol se ponha. Eles usaram várias tecnologias avançadas, incluindo câmaras infravermelhas para capturar qualquer anômalia no céu. 
 
A localização tem vista para o Monte Adams, o maior vulcão ativo no estado de Washington e uma área muito quente para avistamentos de OVNIs.
 
Enquanto a noite se aproxima, a equipe ja tem os olhos colados ao céu a procura de qualquer objeto estranho ou aeronave que não possa ser identificada. 
 
Utilizando dados de rastreamento por satélite em tempo real, eles podem antecipar a chegada de todo trafego artificial passando pelo espaço aéreo...
 
Enquanto a equipe de campo observa o céu, já rastreando até a passagem da Estação Espacial Internacional (ISS), os visualizadores remotos estão desenhando representações visuais do que quer que venha a eles.
 
Incrivelmente, enquanto a Estação Espacial Internacional (ISS) passa por cima deles, as duas mulheres começam a desenhar algo praticamente identico. 
 
Depois de detectar alguns satélites no céu, Nick e Peter percebem um misterioso objeto luminoso se movendo rápidamente, um que não parece um satélite ou algo do tipo. 
 
Estranha luz registrada
 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Temos um ali (imagem acima).. Veja como é rapido, isso é um satélite?
 
Adam Wallberg (Skywatch Team): Não vejo nada no rastreador, não é nada convencional. 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Isso me chamou atenção pelo canto do olho. Eu me virei e vi por alguns segundos e depois desapareceu. 
 
Peter Slattery (Autor, The E.T. Contact Experience): Foi exatamente o que eu observei. Registramos tudo em vídeo.
 
Adam Wallberg (Skywatch Team): E realmente não havia nada no radar. A seção do céu esta totalmente limpa.
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Bem, foi sem duvida alguma coisa interessante nesse caso...
 
Será que a equipe de observação acabou de ver uma espaçonave extraterrestre? Caso tenha sido, será que foi registrada pelos visualizadores remotos? 
 
Na manhã seguinte, depois de ter capturado com sucesso um objeto anomalo não identificado durante a sessão de observação do céu, Nick se encontra com John novamente para ver como foi a parte de visualização remota do experimento. Nick esta ancioso para descobrir se eles pegaram os mesmos objetos no céu que ele testemunhou com os próprios olhos. 
 
Segundo John Vivanco, os visualizadores remotos conseguiram atingir o objetivo, desenhando a Estação Espacial Internacional (ISS) e descrevendo outros detalhes surpreendentes apenas usando a visão remota. 
 
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Agora, qual foi primeira coisa diferente que você viu?
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Bem, a primeira coisa anomala que vimos foi um flash de luz no céu. Eu mesmo vi. Tinhamos um rastreador de satélite em funcionamento. Nós eliminamos essa possibilidade, simplesmente não haviam satélites. Então isso foi anomalo
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Isso é interessante. Então chegamos a essa parte.. Nesse momento eles (os visualisadores) receberam 'energia e estrutura'. Eles viram algo metalico que reflete, a sensação era, quase como uma miragem. Cor azul brilhante....
 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Isso é interessante, esta é sem duvida a representação visual do que observamos. Pela descrição (imagem abaixo) a energia do objeto parece estar se movendo para fora em varias direções; parece que eles conseguem bem mais informações com a visão remota do que nós com os olhos. 
 
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Tudo certo. Se prepare, pois aqui nessa parte fica mais estranho. 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Ok
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Este 'assunto' é descrito como 'uma cor azul cristalina'. É angelical e flutuante. 
 
 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Uau!! Então isso é uma pessoa? O que é isso? 
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Não tenho certeza do que é isso.. 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Isto é sem duvida algum tipo de pessoa, ou não é?? Quer dizer, se estamos falando de algo anômalo, e a possibilidade aqui é que, este era um OVNI, este ser pode ser algum tipo de ocupante?
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Esta é uma possibilidade!!
 
Um ocupante? Este visualizador remoto realmente viu alguém dentro do misterioso objeto que a equipe de campo viu naquela noite?
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Este visualizador remoto também descreveu algo muito interessante relacionado ao flash de luz (OVNI) visto na montanha de acordo com os dados.. 
 
 
...Quando você vê um 'P' maiusculo e 'p' minusculo, (imagem acima) eles significam que o sujeito é 'parafísico'. O que significa que, na visualização remota, é algo fora da nossa realidade 3D. Portanto, 'esse assunto' (o flash de luz na montanha), de acordo com os visualizadores remotos, é algo que existe fora da nossa realidade 3D. 
 
Nick Pope (UK Ministry of Defence): Isso é assustador... Estamos dizendo aqui que, esta luz misteriosa na montanha, é algo relacionado a extraterrestres?
 
John Vivanco (Visualidor Remoto): Tudo que posso dizer é que, eles observaram através de visão remota algo realmente inexplicavel..
 
.
No video acima mostra alguns registros surpreendentes de OVNIs
 
Se a equipe de campo e os visualizadores remotos observaram de fato uma nave extraterrestre, então isso explicaria porque essa luz apareceu e desapareceu já que o objeto estaria entrando e saindo do nosso mundo? Segundo os teóricos dos antigos astronautas a resposta é sim. 
 
Alienigenas do Passado (Documentario)