Civilizações antigas possuíam aeronaves avançadas segundo engenheiros e especialistas em aviação

09/02/2019 18:24

Segundo testes feitos por especialistas em engenharia mecânica, foi descoberto que algumas civilizações antigas tinham aeronaves que possivelmente podiam voar ou planar: "Civilizações antigas tinham de algum modo conhecimento avançado em aerodinâmica."

 
 
 
Oopart (sigla em inglês para ‘artefatos fora de lugar’) é um termo aplicado para dezenas de objetos pré-históricos encontrados em vários lugares ao redor do mundo, que parecem mostrar um nível de avanço tecnológico não congruente com a época em que foram feitos. Muitas vezes ooparts frustram cientistas convencionais, e deleitam os investigadores aventureiros abertos às teorias alternativas.
 
As pirâmides, bem como outros artefatos avançados do Antigo Egito, continuam a maravilhar os arqueólogos e entusiastas desta área, mas seria possível que o egípcios e outras civilizações antigas tiveram aeronaves?
 
 
Uma escultura de madeira, datada do terceiro século A.C., foi encontrada numa tumba em Sakkara (também escrita Saqqara), em 1898.  A escultura foi classificada como sendo de um pássaro e colocada com outras esculturas de pássaros no Museu do Cairo, até que o Dr. Khalil Messiha, um médico e egiptólogo, a viu em 1969 e percebeu que ela parecia com os modelos de aviões que ele fazia quando criança.
 
O Professor Emérito de engenharia mecânica da Universidade de Houston, John H. Lienhard, explicou em “Engines of Our Ingenuity”: “Os outros pássaros (de madeira) tinham pernas. Este não tinha. Os outros pássaros tinham penas pintadas. Este não tinha. Os outros pássaros tinham penas horizontais da cauda, bem como um pássaro real… Este estranho modelo de madeira finalizava com um leme vertical. Podemos também ver que a asa possui uma seção de corte de plano aerodinâmico. Ele é aerodinamicamente correto. Esse modelo vai além da coincidência.”
 
O irmão de Messiha, um engenheiro de voo, reproduziu um modelo do ‘pássaro’ em tamanho grande e ele realmente voou, disse Lienhard.
 
Lienhard diz que o terceiro século A.C. foi uma época de grande perspicácia. Ele escreveu: “Ninguém poderia chegar tão próximo da forma real de voo sem trabalhar numa escala grande.  Este pequeno modelo de madeira dificilmente poderia existir, ao menos que alguém tivesse trabalhado em modelos leves e maiores, ou até mesmo em versões que pudessem carregar um homem.”
 
Outros testes foram realizados através de computadores e simuladores de alta tecnologia..
 
Em 2006 o especialista em aviões e aerodinâmica Saymon Sanderson construiu um modelo em escala do pássaro de Saqqara, 5 vezes maior que o original para testar essa possibilidade de voou. 
 
Os testes mostraram que o pássaro de Saqqara é um planador bem desenvolvido. Afinal, esse é exatamente o design que usamos hoje e já havia sido descobert no passado. 
 
Sanderson também descobriu que a unica coisa que impedia o pássaro de realmente voar era a falta de um leme de calda estabilizador para manter o equilíbrio. 
 
Mas, seria possível que o pássaro antigamente possuísse essa peça tão importante? Para alguns teóricos existem marcas visíveis que o pássaro poderia ter tido um 'elevador'. Ele pode ter se quebrado em algum momento no passado. (veja nas imagens abaixo) 
 
 
 
Os modelos de computador confirmaram que o pássaro de Saqqara poderia voar facilmente com a adição dessa peça tão importante. 
 
Simulação computador
 

Outras maquinas voadoras da antiguidade...

 
As selvas e montanhas da Colômbia escondem muitos sítios arqueológicos. No inicio do século XX invasores de túmulos que exploravam o rio Magdalena encontraram um cemitério com 1.500 anos construído por uma civilização pré colombiana chamada Tolima.
 
Entre os objetos funerários encontrados havia centenas de pequenas estatuetas de ouro. Muitas parecem insetos, e peixes. Porem, das centenas encontradas, também havia cerca de uma duzia que são estranhamente parecidas com os caças a jato de hoje. 
 
 
Esses objetos tem uma forma triangular, tem uma asa de calda vertical, estabilizadores, e fuselagem. Não tem nada em comum, nem nada de semelhante na natureza. 
 
Será que esses objetos de ouro são provas que a Terra foi visitada por alienígenas no passado distante?
 
 
Um dos objetos mostra um conjunto típico de asas como o de um avião moderno. Se o compararmos com algo como um ônibus espacial, da para ver que a forma básica das asas é muito similar a forma de corpos aerodinâmicos de alta velocidade como um ônibus espacial.
 
 
Em 1997 dois especialistas alemães de aviação resolveram testar os objetos construindo uma replica em escala da estatueta equipada com trem de aterrissagem e motor. 
 
Segundo eles, foi bem simples porque não foi preciso adicionar muitas coisas no modelo porque a forma já era perfeita. Tudo já havia sido feito pelo povo nativo há 2.000 anos atrás. Basicamente era como se os antigos já conhecessem bastante sobre aerodinâmica.
 
Réplica da estatueta voando
 
 
Depois de terminado o modelo em maior escala correu pela pista e decolou perfeitamente. Muitos especialistas e teóricos ao ver o modelo voando, perceberam que isso era real. O teste foi muito bem sucedido e mostrou como os povos antigos eram perfeitos no design aerodinâmico. Isso também demostra que algo no passado deve ter ocorrido, afinal se trata de conhecimento muito avançada para a época.
 
History Channel: Alienigenas do Passado (Temporada 1)