Japão recomenda pilotos a registrar e analisar OVNIs: A intenção é investigar o máximo possível!!

 
 
Os OVNIs movimentam a imaginação do público desde muito tempo. A possibilidade de naves extraterrestres fazerem uma visita à Terra intriga qualquer pessoa. Na maioria das vezes, no entanto, são equipamentos controlados por humanos. Agora, o ministro da Defesa do Japão, Taro Kono, determinou que as forças aéreas do país gravem qualquer OVNI. A intenção é investigar o máximo possível para identificar o que é.
 
Essa é uma mudança do posicionamento do país. O próprio Kono já afirmou outras vezes que “não acredita em OVNIs”. A alteração acontece após uma conversa com os Estados Unidos. Em abril, o Pentágono admitiu a autenticidade de três vídeos mostrando objetos estranhos no espaço aéreo do país. Depois disso, os EUA anunciaram a criação da Força-Tarefa para Fenômenos Aéreos não Identificados.
 
Apesar de anunciar a nova recomendação, Kono avisou que os procedimentos ainda não serão definidos por enquanto. De qualquer forma, os pilotos devem filmar os objetos no céu do Japão. Portanto, não se sabe se o governo pretende tornar as imagens públicas ou não. Até agora, o país não admite a detecção de nenhum OVNI.
 
OVNI espanta moradores de cidade japonesa
 
Um misterioso OVNI surpreendeu a população e as autoridades do norte do Japão na manhã de 17 de junho. Semelhante a um globo, o objeto desconhecido apareceu na região de Sendai e foi capturado pelas câmeras dos moradores, que postaram as imagens em redes sociais.
 
 
Por volta das 7h da manhã, horário local, o objeto parecido com um grande balão branco surgiu nos céus. Sua origem permanece um mistério após sua chegada repentina. De acordo com notícias locais, o objeto era grande, não tripulado e preso a duas hélices cruzadas. O OVNI permaneceu nos céus, praticamente imóvel, durante várias horas, antes de flutuar sobre o Oceano Pacífico, como informou a AFP.