Vice diretor de inteligencia da Força Aérea de McGuire revela a verdade sobre um caso envolvendo um corpo alienígena e avistamentos de OVNIs

 
 
George Filer: Em 1978 eu trabalhava na Força Aérea McGuire, como vice diretor de inteligencia. Em 18 Janeiro de 1978, quando eu me dirigia até a base, eu percebi que a minha direita havia alguns caminhões de bombeiros e luzes na pista. O sargento encarregado do posto de comando veio até mim e disse que um alienígena tinha sido encontrado no fim da pista e foi baleado por um policial militar...
 
Arquivo da MUFON: Caso ocorrido em Nova Jérsia
 
Abaixo esta o texto onde os investigadores da MUFON narram um dos episódios mais incríveis da ufologia mundial:
 
O caso é narrado pelos especialistas: Ben Moss, Dwight Equitz, Brian Mathieson:
 
"O radar de Fort Dix detectou um objeto não identificado entre Fort Dix, e a Base da Força Aérea McGuire. O policial militar em serviço estava patrulhando do lado de fora da base quando avistou um objeto grande pairando sobre a estrada. Foi nesse momento que ele parou seu carro, e começou a reportar o que estava vendo. 
 
Ele estava olhando pelo para-brisa e explicando no rádio como era a aeronave. No entanto, de repente no meio da frase, o rádio morreu. 
 
 
 
O oficial então olhou para frente e avistou algo inimaginável.. Uma forma pequena na sombra que ele mais tarde descreveu como tendo uma cabeça grande, braços longos, e um corpo fino. Essa criatura estava bem na frente de seu carro policial. 
 
Sem acreditar no que estava vendo ele atirou no misterioso ser. Após isso, ele voltou correndo para seu carro e percebeu que seu rádio havia voltado a funcionar. Nisso ele avisa por rádio que acabou de atirar em uma criatura estranha, e que agora estava indo para a Base de McGuire
 
O policial vai até o portão da base de McGuire onde pedem que ele espere. O sargento Morse da Base Aérea McGuire é chamado até o portão da frente para encontrar o policial de Fort Dix e discutir incidente. O policial, muito abalado, diz a Morse que atirou em uma entidade estranha mas que ela fugiu e pulou a cerca da base da Força Aérea. 
 
 
 
Morse e outros PMs imediatamente foram até a área onde a entidade havia supostamente pulado a cerca. No final da pista eles avistaram uma criatura morta com uma cabeça grande e um corpo magro. 
 
Morce relatou que o cheiro era tão ruim que tiveram que ficar a muitos metros de distancia para conseguirem respirar. Ele enviou um relatório e em algumas horas o departamento assumiu o controle da situação. 
 
O sargente Morse relatou que estava surpreso de ver uma equipe militar responder a um incidente de uma maneira que sugeria que esse não era o primeiro evento desse tipo que eles tiveram que lidar. Após isso, Morse não é apenas interrogado, como também ameaçado. Ele passou vários dias em interrogatórios os quais disseram a ele para ficar de boca fechada."
 
 
Esse evento é confirmado por George Filer, que foi chamado para investigar o incidente.
 
Fonte: Hangar 1\ MUFON