Estranhos encontros com seres semelhantes a anjos no ESPAÇO: Sete seres humanoides alados e enormes foram vistos pelos cosmonautas

 
 
O espaço é muitas vezes considerado como a última fronteira, o deserto final que ainda temos que domar ou entender, e de muitas formas isso é muito verdadeiro. Apenas no século passado realmente começamos a compreender alguns dos seus segredos em qualquer grau apreciável, e certamente há maravilhas além de nossa imaginação a serem contempladas. No entanto, alguns mistérios que foram encontrados lá fora na escuridão do espaço vão muito além da compreensão convencional, para impulsionar o mundo do paranormal e o universo verdadeiramente bizarro. Certamente, entre esses mistérios está um curioso encontro íntimo entre algumas das primeiras pessoas no espaço com “algo mais”.
 
Em abril de 1982, a União Soviética lançou sua ambiciosa estação espacial Salyut 7 como parte do Programa Soviético Salyut, que começou em 1971 e teve como objetivo enviar um total de quatro estações espaciais de pesquisa científica com tripulação, e duas estações espaciais de reconhecimento militar com tripulação. A Salyut 7, a último a ser lançada no programa e uma precursora da estação espacial Mir, foi a 10ª estação espacial já posta em órbita pela humanidade, e foi projetada para servir como uma espécie de teste de um novo sistema de estações espaciais modulares, o que implicou a capacidade de anexar novos módulos para expandir a estação ou adaptá-lo a qualquer função necessária, bem como um posto avançado para vários experimentos fora do planeta. A Salyut 7 acabaria ficando em órbita por um total de 8 anos e 10 meses, que até então era a estação que já havia permanecido em órbita contínua por mais tempo. Ela também é conhecida por uma série muito bizarra de eventos bizarros e inexplicáveis testemunhados pela equipe.
 
Em julho de 1984, a Salyut 7 estava no 155º dia de sua missão e as coisas estavam indo de forma rotineira, até que houve uma transmissão súbita dos cosmonautas Comandante Oleg Atkov, Vladmir Solovyov e Leonid Kizim, em que alegaram que a estação espacial de repente, estava cercada por uma luz alaranjada opressiva e cegante. A tripulação de três a bordo da Salyut 7, então, supostamente olhou para fora dos portais para tentar ver o que estava causando esse brilho inexplicável. Neste ponto, eles testemunhariam provavelmente a última coisa que eles esperavam ver lá.
 
Lá fora, pairando no espaço na frente da estação espacial, estavam sete seres humanoides alados e enormes, estimados terem cerca de 27 metros de altura e com faces tranquilas e sorridentes, e era através dessas entidades bizarras que a luz etérea estava aparentemente emanando. Também foi dito que esse seres emitiam um sentimento de calma e tranquilidade, e estranhamente os cosmonautas não sentiram medo durante o encontro, apenas ficaram maravilhados. De acordo com as testemunhas, as aparições colossais, que foram descritas como “anjos”, se moviam à velocidade da estação espacial, permanecendo na mesma posição por cerca de 10 minutos antes de desaparecerem. 
 
 
Perplexos com o que todos tinham visto, os três cosmonautas tiveram uma discussão acalorada sobre o que os seres eram, tentando encontrar uma explicação racional para explicá-la, mas eles não podiam encontrar nada. No final, embora todos tivessem visto exatamente a mesma coisa, eles descartaram o evento como sendo resultado dos estresses e rigores de estarem no espaço há tanto tempo, resignando-se a explicar que suas mentes simplesmente haviam pregado truques neles.
 
Eles podem ter seguido suas vidas convencidos de que este foi algum tipo de alucinação em massa e um ataque de insanidade temporária, mas aquele não seria seu último encontro com esses seres do outro mundo. No 167° dia da missão, Salyut ganhou mais três cosmonautas: Svetlana Savitskaya, Igor Volk e Vladimir Dzhanibekov. Pouco tempo depois desses novos membros da tripulação embarcarem, a estação foi mais uma vez banhada por aquela luz potente e deslumbrante, e desta vez, todos os seis da tripulação olharam para fora das vigias para verem vários dos enormes seres angélicos nadando através da escuridão de espaço fora, novamente com seus benevolentes rostos sorridentes. Considerando que desta vez eles voltaram a ver a mesma coisa, parecia que havia algo mais além das simples alucinações.
 
Quando a missão de Salyut foi concluída e os cosmonautas voltaram à Terra, suas experiências estranhas foram supostamente acobertadas e varridas sob o tapete pelo governo soviético, e as testemunhas foram ordenadas em termos inequívocos que nunca deveriam discutir o que tinham visto lá em cima. Curiosamente, rodadas intensivas de testes físicos e psicológicos realizados na equipe da estação espacial não mostraram nada fora do comum. Eles estavam perfeitamente sãos de corpo e mente.
 
Na verdade, tais fenômenos visuais surreais foram relatados por outros astronautas e cosmonautas que estiveram no espaço por longos períodos de tempo e até mesmo pilotos terrestres em voos longos e exigentes. O problema com esta explicação é que seis cosmonautas experientes viram o mesmo, ao mesmo tempo, e todos eles passaram por testes de saúde mental e física depois, tornando-se bastante improvável que isso tudo estivesse em suas cabeças. Também parece bastante improvável que um grupo de seis cosmonautas altamente treinados e respeitados se juntem e inventem tal história como uma farsa.
 
Então, o que realmente viram os cosmonautas da Salyut 7? Incrivelmente, houve outros relatos de visitas por aparições semelhantes no espaço, com alguns casos ocorrendo antes mesmo dos avistamentos Salyut 7. Supostamente, o primeiro humano a entrar no espaço, o cosmonauta Yuri Gagarin, teve seu próprio encontro com tal criatura em abril de 1961. Em dois pontos durante seu voo espacial a bordo do Vostok-1, Gagarin inexplicavelmente ficou em silêncio e perdeu contato, e quando ele foi perguntado sobre isso mais tarde, ele não tinha certeza do que aconteceu, achando que ele poderia ter perdido a consciência brevemente. 
 
 
 
Durante a regressão hipnótica, Gagarin afirmou que ele poderia se lembrar de ter visto uma enorme e misteriosa figura flutuando no espaço à sua frente e que ele tinha ouvido uma voz na cabeça dizendo: “Não se preocupe, tudo ficará bem. Você voltará para a Terra “, antes que a aparição desaparecesse no ar bem na frente de seus olhos. Alucinações ou não?