Especialistas em OVNIs estão sendo aterrorizados e forçados a parar de investigar por causa de FORÇAS SINISTRAS

10/03/2018 10:10

"De repente, notei um homem de pé na garagem ao lado. Ninguém esteve lá antes. Seu rosto brilhava cor de laranja. Enquanto eu olhava, seu rosto mudou para o de um velho, diante dos meus olhos. Então ele se virou e se afastou. Você não pode descrever a primeira face em termos normais. Ele tinha olhos, nariz e boca nos lugares apropriados – mas não da forma que associamos à figura humana."

 

.

 

 

Se o nome ‘Brian Leathley-Andrew’ não for familiar para você, não é de se surpreender. Ele mora em Bedworth, Warwickshire, na Inglaterra, e tentou ficar fora do olho público há 50 anos. Por quê? Porque em 1968, Brian Leathley-Andrew acreditava que não estava apenas no olho do público… ele estava no olho de 'forças sinistras' que queriam que ele parasse de investigar e divulgar avistamentos de OVNIs através de sua organização, o 'Unidentified Flying Object Information Bureau' (Bureau de Informação de Objetos Voadores Não Identificados). Na verdade, eles conseguiram aterroriza-lo para que se aposentasse.
 
"De repente, notei um homem de pé na garagem ao lado. Ninguém esteve lá antes. Seu rosto brilhava cor de laranja. Enquanto eu olhava, seu rosto mudou para o de um velho, diante dos meus olhos. Então ele se virou e se afastou. Você não pode descrever a primeira face em termos normais. Ele tinha olhos, nariz e boca nos lugares apropriados – mas não da forma que associamos à figura humana."
 
Essa citação é do The Coventry Telegraph de 3 de dezembro de 1968, sob a manchete, ‘Worried UFO Man Gives Up‘. Em uma entrevista esta semana em Birminghammail.co.uk, Leathley-Andrew relata a agitação da atividade de OVNI em Birmingham no ano de 1968, o que o levou a abrir o Bureau de Informação de Objetos Voadores Não Identificados. De acordo com a entrevista, The Coventry Telegraph publicou essas manchetes, muitas vezes com comentários de Leathley-Andrew.
 
* “OVNI nave mãe” (28 de setembro de 1968): “Um disco voador que 'deu à luz' a outros OVNIs sobre Willenhall foi relatado ao Centro de Informação de Objetos Voadores Não Identificados do Sr. Brian Leathley-Andrew.”
 
* “Discos voadores não são mentiras”  (24 de setembro de 1968): “Os discos voadores são o maior mistério do nosso tempo e não devem ser descartados como uma mentira, disse Wilf Grunau ao Rotary Club de Nuneaton.
 
* “Disco sobre a cidade, dizem mulheres” (31 de março de 1969): ‘Duas mulheres de Coventry acreditam que poderia ter passado um disco voador sobre a cidade durante o fim de semana, depois que elas foram despertadas por um ganido agudo e ‘sobrenatural’ acompanhado por uma luz brilhante."
 
Aqueles foram momentos emocionantes para o observador de OVNIs e especialista local... até perceber que seu telefone foi grampeado.
 
"Claramente, eu tive problemas com telefone grampeado… Você podia ouvir o clique."
 
Leathley-Andrew diz que o telefone grampeado e outros incidentes estranhos, como o homem com a face laranja, começaram apenas dois dias depois que ele abriu o Bureau de Informação de Objetos Voadores Não Identificados, e também aconteceu com outros membros do grupo.
 
"Todas as luzes da casa subitamente diminuíram, como se uma enorme carga elétrica tivesse sido colocada no circuito. Isso acontecia de vez em quando normalmente, mas continuou acontecendo. Isso é muito incomum."
 
De fato. No entanto, ele continuou até que uma fotografia sinistra foi enviada.
 
 
"Um homem me enviou fotos de um 'OVNI'. Era exatamente a tampa do mesmo creme de mão que minha esposa usava. A jarra estava lá na mesa na minha frente (possivel ameaça a vida de pessoas que amo)."
 
Em sua entrevista de ‘saída’ com o The Coventry Telegraph em 3 de dezembro de 1968, Leathley-Andrew diz que destruiu todos os seus registros pessoais dos avistamentos de OVNIs e fechou o grupo de investigação de OVNIs por medo da segurança de sua família. De acordo com o artigo, os únicos registros restantes são os arquivos do The Coventry Telegraph. Pesquisas na internet não mostram nada sobre ele, nem sua organização. Embora não mencione alienígenas, ele indica que acreditava que muitos dos avistamentos foram devido a pesquisas experimentais do governo.
 
Então, por que Brian Leathley-Andrew decidiu sair do esconderijo profundo depois de 50 anos?
 
"Quero avisar publicamente a todos os entusiastas adolescentes que isso não é algo para se dedicar de forma leve. A Sociedade está sendo assistida pelo Department of Them (Departamento Deles). Diga oi ao sistema X."