Enorme estrutura descoberta sob a fortaleza russa de Naryn-Kala

09/09/2019 12:53
 
 
Uma equipe arqueológica partiu com a missão de revelar o que existia sob a estranha fortaleza Naryn-Kala, em Derbent, na Rússia, descobrindo uma estrutura cujo objetivo principal era totalmente desconhecido...
 
No entanto, parece que a verdade será finalmente revelada. Os pesquisadores usaram uma tecnologia física nuclear, mais conhecida como radiografia de múons.
 
Isso funciona rastreando as diferentes partículas subatômicas carregadas com múons que são gerados quando os raios cósmicos interagem com a atmosfera da Terra.
 
Assim, ao passar pelo espaço, as placas de emulsão nuclear são usadas como uma espécie de detectores para capturar e gerar uma imagem de onde os múons se moveram e onde foram absorvidos ou desviados. Método também usado nas pirâmides do Egito.
 
 
 
No final, os pesquisadores sugeriram que as explorações na estrutura subterrânea sob a fortaleza poderiam indicar que se trata de uma igreja colossal. A igreja mais antiga do mundo - dataria de 300 dC.
 
Natalia Polukhina, da Universidade Nacional Russa de Ciência e Tecnologia, declarou que é um edifício estranho, em forma de cruz, estritamente orientado para os lados do mundo.
 
Os arqueólogos não podem escavar o que está localizado sob a fortaleza de Naryn-Kala, pois é considerado um patrimônio cultural pela UNESCO. Em vez disso, eles abaixaram os detectores até atingirem as profundezas da estranha estrutura, sendo um processo que eles repetiram por quatro meses.
 
 
 
Eles descobriram que a estrutura tem cerca de onze metros de altura, quinze de norte a sul e treze metros com quarenta centímetros de leste a oeste. A cúpula está localizada no centro, com um design cruciforme.