Documentos oficiais do FBI falam sobre Tesla e seu raio da morte, raios globulares e muitas outras coisas como o interesse do FBI em seus projetos

 
 
O FBI liberou há algum tempo atrás uma coletânea de documentos contendo informações sobre Nikola Tesla, inclusive suas invenções como o ‘raio da morte’ e ‘raios globulares’, e também como o governo obteve suas notas e memorandos após sua morte.
 
Tesla, um inventor e inovador que é considerado pelo menos décadas à frente de sua época (ou talvez muito mais), predisse e ajudou a desenvolver um protótipo do smartphone, entre muitas outras coisas de extrema importância.
 
No Volume 100 da revista Popular Science  Monthly, em 1922, por exemplo, Tesla predisse a chamada por vídeo:
 
Logo será possível ver, bem como escutar através da eletricidade. A ‘televisão’ será empregada de forma tão geral quanto o telefone.
 
À medida que alguém ouve a voz de outra pessoa no outro lado da linha, ela também verá todas as expressões do rosto do outro.  De forma geral, o instrumento usado para a televisão terá proximamente a aparência do olho humano. O sucesso em transmitir visão depende de quatro coisas, e destas eu já aperfeiçoei duas.
 
 
 
A transmissão do som pelo rádio também será desenvolvida no futuro muito além do sistema atual.  Será possível, não somente para qualquer pessoa com uma estação escutar, mas também transmitir ao mesmo tempo para todas as outras estações. Já consegui isto nos meus experimentos.
 
Os experimentos e invenções de Tesla, bem como sua visão futurista, o tornaram um alvo do FBI e da vigilância do governo.  Após sua morte – que havia sido atestada em 7 de janeiro de 1943, embora os documentos agora sugerem que ele não faleceu até o dia seguinte – o FBI correu para confiscar caminhões cheios de seus trabalhos, para prevenir que qualquer coisa caísse nas mãos erradas.
 
Mas considerando que suas invenções estavam centradas ao redor da eletricidade e envolviam a amplificação da energia, o governo dos Estados Unidos provavelmente tinha motivações que nunca foram adiante.
 
Apesar dos impressionantes feitos de Nikola Tesla, ele tem sido omitido da educação escolar do governo dos EUA.
 

Interesse do FBI

 
Nos arquivos abertos, o interesse especial do FBI foi pelos experimentos do pesquisador com raios globulares, também conhecidos como esferas luminosas. Além disso, foram reveladas as tentativas governamentais de deter os familiares do cientista para evitar que reivindicassem os documentos.
 
O governo dos EUA estava preocupado por Tesla ser um cidadão naturalizado e, assim, o governo sérvio poderia pedir a extradição de seus pertences.
 
 
 
Em uma carta enviada ao primeiro diretor do FBI, John Edgar Hoover, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos ressalta a importância vital de impedir que qualquer material relacionado ao “raio da morte” chegue aos soviéticos.
 
Link dos arquivos de Nikola Tesla do FBI >> https://vault.fbi.gov/nikola-tesla
 
Fonte: History