Companhia aérea confirma: áudio de piloto sobre óvni é autêntico

 
 
 
De acordo com os pilotos, o objeto se moveu extremamente rápido por cima do avião: O evento e a reação do piloto são muito semelhantes a um caso ocorrido na mesma área há alguns anos.
 
O voo 2292 da American Airlines, um Airbus A320 voando entre Cincinnati e Phoenix em 21 de fevereiro de 2021, teve um estranho encontro próximo com o que sua tripulação descreveu como um "objeto cilíndrico alongado que quase parecia um míssil de cruzeiro".
 
De acordo com os pilotos, o objeto se moveu extremamente rápido por cima do avião, que viajava a 36.000 pés e 400 nós. O incidente ocorreu no remoto canto nordeste do Novo México, a oeste da pequena cidade de Des Moines.
 
Steve Douglass, um interceptador de rádio experiente e proprietário da Deep Black Horizon, disse ao portal The War Zone que estava gravando com seu arsenal de scanners quando ouviu a estranha transmissão.
 
The War Zone analisou mais de uma hora de áudio enviado por Douglass. “Estamos trabalhando para autenticá-lo junto à FAA (Federal Aviation Administration) e obter mais informações e comentários da agência sobre o evento. Também entramos em contato com a American Airlines para obter detalhes adicionais que eles possam fornecer ", comentou ontem o site especializado.
 
Como Douglass relatou:
 
 
"Aproximadamente às 1:19 CST, na frequência Albuquerque Center de 127,850 MHz ou 134,750 MHz, o piloto relatou: - ”Você tem um alvo aqui em cima? Acabamos de ter algo passando por cima de nós. Odeio dizer isso, mas parecia um objeto longo e cilíndrico, quase como um tipo de míssil de cruzeiro, movendo-se muito rápido bem acima de nós." 
 
De acordo com o vôo 24 e o Flight Aware, o AAL 2292 estava no canto nordeste do Novo México, a oeste de Clayton. O Albuquerque Center não monitorou nenhuma resposta porque o tráfego aéreo local (amarelo) passou por cima dele. 
 
O AAL 2292 estava próximo ao nível de vôo 370 (37k) no momento do relatório. 
 
Nenhuma presença significativa de aeronaves militares foi observada nos registros ADS-B. 
 
O avião voou para pousar em Phoenix, AZ."
 
(Resumindo, pode não ter sido um míssil, mas outro objeto até então desconhecido)
 
Confirmação oficial
 
Como consequência dos esforços para contatar as autoridades competentes, hoje (24\02\2021) elas confirmaram o incidente, autenticando as gravações e acrescentando que tudo está sendo investigado pelo FBI. 
 
“Após questionamento com nossa tripulação de vôo e as informações adicionais recebidas, podemos confirmar que a transmissão de rádio foi do voo 2292 da American Airlines em 21 de fevereiro. Se você tiver mais perguntas sobre isso, encorajamos você a entrar em contato com o FBI ”, respondeu um porta-voz da American Airlines.
 
Da mesma forma, The War Zone esclarece que em breve obterá mais esclarecimentos das FAA.
 
Isso já ocorreu..
 
O incidente é muito parecido com o ocorrido na mesma região há quase exatamente três anos. Durante esse evento, um Learjet e um Airbus tiveram encontros consecutivos com um objeto não identificado que voou por cima deles enquanto navegavam cerca de 37.000 pés acima do leste do Arizona.
 
 
A descrição de um objeto semelhante a um míssil (cilindrico) também se ajusta a alguns dos encontros documentados que os pilotos de caça da Marinha dos EUA tiveram com objetos anômalos na costa leste na última década.