Como os Vimanas funcionavam? Poderosas máquinas voadoras do passado...

 
 
 
A mitologia hindu menciona algo que parece incrível para todos os historiadores: máquinas voadoras que navegaram em nosso mundo há 6.000 anos. Os Vimanas, um dos maiores mistérios da história antiga.
 
Da Bíblia à mitologia egípcia, as misteriosas máquinas voadoras existem desde os tempos antigos segundo teóricos dos antigos astronautas.
 
O que são os Vimanas?
 
Segundo a mitologia hindu - especialmente os Vedas - alguns textos antigos mencionam a existência de máquinas voadoras que navegavam pelos céus há cerca de 6.000 anos.
 
Apesar de muitos se oporem à sua existência e a limitarem à mera fantasia, um grande número de especialistas tem certeza de que os Vimanas, assim como as máquinas voadoras mencionadas em todas as culturas antigas, existiam.
 
Este pode ser um sinal claro de que nosso planeta foi visitado há milhares de anos por alienígenas? Os teoricos dos astronautas antigos acreditam que sim.
 
Menções de Vimanas
 
O Mahabharata, um dos épicos mais importantes escritos em sânscrito na Índia antiga, é o primeiro texto que se refere aos Vimanas.
 
A pedido de Rama, a carruagem magnífica subiu a uma montanha de nuvens com um tremendo estrondo.
 
Bhima voou com seu Vimana em um raio enorme que era tão brilhante quanto o sol e fez um barulho como o trovão de uma tempestade. 
 
No antigo Vymanika-Shastra, um texto que fala sobre a construção de Vimanas, diz o seguinte:
 
Um aparelho que pode ir sob seu próprio poder, de um lugar para outro ou de um globo para outro. 
 
Os textos também mostram as trinta partes que compõem as máquinas, onde espelhos estão incluídos na parte inferior. Além disso, 16 metais diferentes e extremamente necessários são mencionados para sua construção.
 
 
Metais dos quais apenas se conhece três. O restante continua sem poder ser traduzido - possivelmente origem desconhecida.
 
O Dr. AV Krishna Murty, professor de aeronáutica no Instituto Indiano de Ciência de Bangalore, afirma que os antigos Vedas descrevem naves voadoras autênticas.
 
Como os Vimanas podiam voar?
 
O Vymanika-Shastra é um texto escrito em sânscrito no início do século XX que menciona tudo relacionado à construção dos Vimanas e como eles funcionavam.
 
Os textos têm cerca de 3.000 shlokas ou estrofes em 8 capítulos, onde é mencionado que a propulsão para os Vimanas voarem veio de um "Mercury Vortex Engines", um conceito muito semelhante à propulsão elétrica.
 
Embora muitos historiadores acreditem que essa fonte de energia é muito mais poderosa e mais acessível que a atual.
 
Toda essa informação foi confirmada graças aos textos antigos encontrados em Lhasa, no Tibete, que foram traduzidos na Universidade de Chandigarh, dando resultados surpreendentes.
 
Segundo a tradução, esses textos são modelos para a construção de naves interestelares.
 
O sistema de propulsão projetado para este tipo de nave baseou-se na tecnologia antigravitacional e em um sistema semelhante ao de "Laghima", um poder desconhecido forte o suficiente para neutralizar a atração gravitacional.
 
Essa força "Laghima" também é mencionada pelos iogues hindus, que asseguram que é a única que permite ao homem levitar.
 
Notavelmente, os cientistas chineses que encontraram os documentos declararam que estavam usando essas informações em seu programa espacial, embora não saibamos se é realmente possível fazer engenharia reversa a partir da tecnologia antiga.
 
Mas se isso for alcançado, os chineses podem ter a capacidade de realizar feitos como os mencionados no Ramayana, um dos épicos mais importantes da mitologia hindu, onde ele relata em detalhes, não apenas uma simples viagem à Lua, mas uma batalha contra um "Asvin" ou um enorme dirigível Atlante.
 
Energia natural da Terra
 
Sempre houve perguntas sobre os grandes monumentos antigos do planeta, como as pirâmides do Egito.. Para o que elas realmente foram feitas? 
 
É possível que esses grandes monumentos funcionassem como transmissores gigantes de energia para recarregar os Vimanas e outros veiculos voadores?
 
 
Pesquisadores de todo o mundo já sugeriram que as complexas construções feitas por civilizações antigas têm um objetivo diferente do que conhecemos, tomando como exemplo a mencionada Grande Pirâmide de Gizé.
 
De fato, muitos afirmam que se tratava de uma usina elétrica semelhante à da Torre Tesla, pois esse monumento demonstrou ser capaz de tirar propriedades da Terra e transformá-las em grandes quantidades de energia.
 
Fonte: Codigo Oculto