CNN: Pentágono vai oficializar força-tarefa para investigar e analisar avistamentos de UFOs: Parte de suas descobertas vão ser relatadas ao público.

 A iniciativa deve ser oficializada nos próximos dias, de acordo com uma reportagem da CNN. Informações preliminares mostram que o programa ficaria sob a supervisão de David Norquist, vice-secretário de Defesa.
 
 
 
O Pentágono no atual momento está se preparando para lançar uma força-tarefa com o objetivo de investigar UFOs observados por pilotos militares dos Estados Unidos.
 
O surpreendente projeto havia sido revelado recentemente pelo New York Times após ter sido citado em um relatório do Senado do país. Segundo o documento, a unidade (supostamente batizada de Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados) deve começar a “padronizar a coleta e os relatórios” sobre avistamentos sem explicação. 
 
Uma parte de suas descobertas devem ser relatadas ao público. O interesse por essas ocorrências aumentou depois que o Pentágono confirmou a veracidade de vídeos que mostravam objetos voadores não identificados filmados por pilotos militares dos EUA.  
 
O verdadeiro objetivo do projeto não seria a busca por naves alienígenas, mas a real investigação de tecnologias super avançadas de outros países. O senador Marco Rubio, que preside um comitê de inteligência do Senado, afirmou que há uma preocupação com relatos de veículos não identificados sobrevoando o país. Ele teme que China ou Rússia tenham desenvolvido equipamentos sofisticados que possam ameaçar os EUA.
 
 
 
Anteriormente, o Pentágono já teria colocado em prática um outro projeto semelhante, chamado Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais (AATIP). A iniciativa teria sido lançada secretamente em 2007 e oficialmente encerrada em 2012. Mas Luis Elizondo, ex-diretor do projeto, acredita que o projeto nunca foi abandonado. 
 
Ele também revelou que foram investigados diversos avistamentos inexplicáveis durante sua gestão, como objetos que podem viajar no céu, mergulhar na água e viajar para o espaço, sem ter que alterar seu formato.  
 
History Chennal \ CNN