Cientistas advertem: grande terremoto no Anel de Fogo pode destruir Califórnia

A enorme atividade sísmica no chamado Anel de Fogo do Pacífico nos últimos dois dias provocou o caos e causa preocupação entre os cientistas pois pode ser o prenúncio de um "terremoto" muito mais forte.

 
 
De acordo com Serviço Geológico dos Estados Unidos, em apenas 48 horas ocorreram 69 terremotos, 16 dos quais foram classificados como muito fortes, isto é, de magnitude 4,5 ou mais. O território mais afetado foi a ilha de Fiji.
 
Os cientistas descrevem o "grande terremoto" como um sismo com magnitude superior a 8. É provável que esse tipo de desastre natural cause uma destruição maciça na Califórnia.
 
Segundo o artigo publicado no jornal britânico Daily Mail, o último terremoto de magnitude 7,9 ocorreu em 1906. Nesse ano, a cidade estadunidense de São Francisco foi destruída em 80%. O desastre causou mais de 3.000 mortes.
 
 
 
Em 19 de agosto, na profundidade de mais de 550 quilômetros no Anel de Fogo, houve um terremoto de magnitude 8,2, relatam os cientistas. Os moradores de Fiji e da Califórnia foram salvos apenas porque o epicentro foi profundo demais para causar tsunami.
 

Fonte