Cidade dos Gigantes encontrada na Amazônia Equatoriana...

"Uma suposta pirâmide e uma cidade megalítica inteira construída por gigantes no passado, segundo a mitologia."
 
 
 
A "Cidades dos Gigantes", uma cidade perdida no meio da selva remota da Amazônia equatoriana. 
 
O local foi redescoberta em 2012, mas alguns arqueólogos tradicionais dizem que não é uma construção artificial, mas sim natural. Alegadamente, uma pirâmide de tamanho maciço e artefatos de 'Ooparts' foram encontrados. Foi chamada de uma das descobertas mais importantes do século XXI (mas ignorada).
 
Esta cidadela é considerada sagrada hoje, pelos próprios povos indígenas equatorianos. Lendas antigas falam de seres colossais que habitavam a Amazônia. Eles (os gigantes) teriam construído vários locais megalíticos (ainda a serem descobertos!).
 
"Cidade dos Gigantes" na Amazônia: suposta descoberta em 2012
 
 
Em 2012, uma equipe de exploradores e moradores se reuniu para ir até esta cidade perdida. Os moradores alegaram que ela realmente existia e que eles já sabiam dela há muito tempo. É um lugar sagrado onde eles sempre faziam (e fazem) rituais para invocar poderosos espíritos da selva.
 
 
 
O grupo descobriu ou redescobriu várias estruturas maciças desta "Cidade dos Gigantes". A maior estrutura tem 80 metros de altura por 80 de largura. É uma suposta pirâmide com um lado inclinado em um ângulo irregular e uma inclinação tão alta que parece artificial. Seus surpreendentes blocos de pedra foram calculados pesar duas toneladas.
 
No topo da pirâmide, há uma rocha plana e bem polida que pode ter sido usada para cerimônias sagradas ou como um altar para sacrifícios ou ofertas. Segundo o arqueólogo Benoit Duverneuil, a estrutura se parece com uma praça ou rua, como telhado de uma edificação construída em um ângulo de 60 graus. 
 
Outras características artificiais: Rochas retangulares com bordas esculpidas, degraus, pedras ou blocos impecavelmente alinhados e pedras esculpidas. Entre os blocos, identifica-se um material muito denso e sólido... É um tipo de cimento e pode ser um dos primeiros fabricados na América do Sul (esses gigantes teriam sido os engenheiros da antiguidade com conhecimentos avançados).
 
 
Ferramentas gigantes
 
Além das referências aborígenes lendárias a gigantes ancestrais na Amazônia, há a descoberta de várias ferramentas gigantes (como martelos). Essas ferramentas (Ooparts) não poderiam ter sido usadas por mãos humanas, apenas pelas mãos de seres colossais.
 
 
 
O autor Bruce Fentom, membro da equipe, concluiu que essa é uma das evidências máximas da existência de gigantes nos tempos antigos. Deve-se notar que em toda a América e em todo o mundo há registros de antigos seres gigantes (até mesmo resultados de ossos mostram isso). 
 
Existem também os gigantes do Oriente Médio, como os Nephilim e o Ciclope da Grécia e Roma.