Astrofísicos da Universidade de Harvard: O objeto espacial Oumuamua era uma nave alienígena

06/11/2018 14:41

Esta não é mais uma simples especulação infundada, é apoiada por um estudo científico conduzido por dois respeitados cientistas. Os autores deste estudo científico começaram com uma ideia simples: e se a pressão da radiação solar causou a aceleração inesperada de Oumunanua?

 
 
No ano passado, a comunidade científica ficou maravilhada com o aparecimento de uma estranha rocha alongada e inesperada que surgira no nosso sistema solar, 'Oumuamua'. Naquela época, os cientistas não podiam determinar o que era, seja um cometa ou um asteróide, ou se era uma espaçonave alienígena danificada, como disseram alguns pesquisadores.
 
No entanto, o mistério continuou até agora. Agora, um novo estudo científico do astrofísico da Universidade de Harvard, Dr. Shmuel Bialy e Dr. Abraham Loeb, oferece uma nova hipótese surpreendente: 'Oumuamua' pode ter sido muito mais que apenas um misterioso artefato, ele pode ter sido um pedaço de uma tecnologia real e seu pertencimento a uma civilização interestelar. 
 
Esta não é mais uma simples especulação infundada, é apoiada por um estudo científico conduzido por dois respeitados cientistas. Os autores deste estudo científico começaram com uma ideia simples: e se a pressão da radiação solar causou a aceleração inesperada de Oumunanua? 
 
Os cientistas escreveram em seu estudo: 'Oumuamua' é uma sonda destinada a uma missão de reconhecimento e não um membro de uma população aleatória de objetos estelares (asteróides, cometas, etc.). "Sim! Embora pareça incrível, é isso que os astrofísicos escreveram. Existem, é claro, muitas razões para o ceticismo. Por um lado, existem explicações alternativas plausíveis para a aceleração do 'Oumuamua diferente da pressão da radiação solar. Davide Farnocchia, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, formulou a hipótese: "Essa força sutil adicional em Oumuamua é provavelmente causada por jatos de material gasoso expelido de sua superfície. Esse mesmo tipo de desgaseificação afeta o movimento de muitos cometas em nosso sistema solar."
 
 
No entanto, mesmo esse ponto de vista não foi totalmente satisfatório. Passando através do nosso sistema solar, 'Oumauamua' não mostrou nenhum sinal de ter uma cauda como um cometa, que provavelmente acompanhará um objeto em aceleração devido aos jatos de gás.