As lendas e mistérios da Torre do Diabo - Ou Torre dos OVNIs

26/04/2018 10:02

Constantemente, turistas e moradores locais relataram estranhas luzes no céu logo acima da enigmática formação rochosa. Alguns até afirmam que essas luzes chegam a parar no topo da rocha maciça. 

 
 
A chamada torre do diabo é uma estrutura ígnea monolítica localizada em Black Hills, perto de Hulett, no condado de Crook, a nordeste de Wyoming, no rio Belle Fourche.
 
Ele sobe dramaticamente 386 m acima do terreno circundante, e seu cume está localizado a 1.558 m acima do nível do mar. A enigmática maravilha natural é o primeiro monumento nacional declarado dos Estados Unidos, estabelecido em 24 de setembro de 1906 pelo presidente Theodore Roosevelt.
 
A paisagem deslumbrante em torno da Torre do Diabo consiste principalmente em rochas sedimentares.
 
A primeira subida conhecida à Torre do Diabo foi feita em 1893 por William Rogers e Willard Ripley.
 
 

A Torre do Diabo e as Plêiades

 
 
De acordo com as lendas das tribos nativas americanas dos Kiowa e Sioux Lakota, no passado distante, garotas jovens saíram para brincar e foram vistas por ursos gigantes, que começaram a persegui-las.
 
Em um esforço para escapar dos ursos, as meninas subiram em cima de uma pedra, ajoelharam-se e oraram ao Grande Espírito para salvá-las.
 
Ao ouvir suas orações, o Grande Espírito fez a rocha crescer da Terra em direção ao céu para que os ursos não alcançassem as meninas.
 
Os ursos, em sua tentativa de escalar a rocha, que se tornara íngreme demais para escalar, deixaram profundas marcas de garras nas laterais.
 
Quando as meninas chegaram ao céu, elas se tornaram a constelação das Plêiades.
 
Alguns pesquisadores, da teoria do antigo astronauta, defendem a hipótese de que muitas dessas lendas teriam se originado de eventos relacionados a extraterrestres e avistamentos de OVNIs no passado
 
No entanto, existem outras histórias e lendas sobre a misteriosa formação rochosa.
 
Uma lenda dos Sioux conta que dois garotos Sioux se afastaram de sua aldeia quando outro urso poderoso, com garras, começou a persegui-los. Quando o urso se aproximou dos meninos, e quando ele estava prestes a agarrá-los, eles rezaram para Wakan Tanka - "o sagrado" ou "o divino", o Grande Espírito - para salvá-los do urso.
 
Eles escalaram uma grande rocha enquanto o urso tentava desesperadamente subir na pedra e pegar os dois garotos. No entanto, o urso não conseguiu escalar e deixou marcas enormes na rocha. 'Mato' - como o urso foi chamado - acabou desistindo e veio descansar em um lugar agora conhecido como Bear Butte.
 
 
 
Wanblee, uma águia, resgatou os meninos e ajudou-os a sair da rocha maciça, devolvendo-os à sua aldeia.
 
Para alguns teoricos, esses seres que aparentemente protegem os habitantes do local - como a águia Wanblee - seriam seres de origem alienigena, mal interpretados pelos habitantes da época como deuses ou grandes passaros.
 
Nos tempos modernos, a Torre do Diabo foi usada no filme "Contatos Imediatos do Terceiro Grau", de 1977. 
 
Estranhamente, assim como em muitos outros lugares nas proximidades, turistas e moradores locais relataram estranhas luzes no céu logo acima da enigmática formação rochosa.
 
Alguns até afirmam que essas luzes chegam a parar no topo da rocha maciça. Talvez por isso o local tenha sido adicionado ao famoso filme "Contatos Imediatos do Terceiro Grau", por ter uma forte ligação com seres extraterrestres e lendas de seres do vindos do céu.