As incríveis formações megalíticas semelhantes a Stonehenge encontradas em Marte

 
 
Uma misteriosa formação rochosa circular na superfície de Marte foi capturada por um dos orbitadores da NASA.
 
A formação foi fotografada pelo Rover Curiosity e tem animado caçadores de alienígenas que teorizaram sobre as misteriosas anomalias.
 
Eles sugeriram que as rochas estavam dispostas por outra forma de vida, ou que fazia parte de uma estrutura maior e enterrada que nunca havia sido vista antes.
 
'O que quer que estejamos vendo aqui, está em um círculo perfeito e é muito diferente das crateras que normalmente vemos em Marte e na Lua e nos demais planetas do sistema solar. Isso quase parece rochas que foram organizadas nessa formação circular.
 
O Curiosity Rover da NASA capturou uma misteriosa formação sobre rochas na superfície de Marte
 
 
Isso sem duvida pode ser algum tipo de ruína... Bem uma coisa é certa: nunca vi nada parecido em Marte. Parece algo fora do lugar', disse um entusiasta do espaço em um vídeo postado por um canal do YouTube com aproximadamente dois milhões de seguidores.
 
Eles o compararam a outra formação, descoberta em 2015, que parecia ter semelhanças com Stonehenge.
 
Marshenge 2015
 
A descoberta, que foi vista no topo de um monte elevado, ficou conhecida como 'Marshenge' (imagem abaixo). Especialistas descartaram isso como evidência de vida alienígena, dizendo que era mais provável o resultado de fenômenos geológicos naturais que também são vistos na Terra.. No entanto alguns ufológos discordam disso e acreditam que as formações são artificiais criadas por alguma antiga civilização.
 
 

Outras formações surpreendentes encontradas

 
Site Segnidalcielo: "Em algumas dessas fotografias espetaculares, além do MarHenge (Stonehenge Marciano acima), existe uma área na qual existem dois círculos de pedras com algumas rochas espalhadas, mas dispostas de maneira circular.
 
Presença de sítios megalíticos na região de Nilosyrtis Mensae
 
 
Em outras imagens tiradas pelo Mars Orbiter Mangalyaan, dois círculos de pedras são visíveis, ou seja, formações rochosas circulares, que sugerem a presença de outros locais megalíticos na região de Nilosyrtis Mensae."