As Esferas Artificiais de 2,8 Bilhões de Anos: Civilizações avançadas estiveram na Terra no passado?

Engenheiros da NASA haviam analisado e categorizado os objetos como “esferas perfeitas e com um equilíbrio tão apurado que não pode ser medido pela tecnologia atual"

 
 
Você já ouviu falar das esferas metálicas de Klerksdorp? Embora não sejam tão conhecidos assim, tais artefatos constituem um dos maiores mistérios da história da humanidade – tanto que há um museu erguido especialmente em homenagem à esses objetos curiosos.
 
Tratam-se de pequenas rochas encontradas uma mina de pirofilita localizada na cidade de Ottosdal (na África da Sul), cujos tamanhos variam entre 5 cm e 10 cm. São feitas de uma mistura de minerais e algumas delas chamam a atenção por serem decoradas com três linhas retas paralelas, separadas com uma distância exata.
 
As pedras ficaram populares depois que rumores acerca de suas “características perfeitas” passaram a circular de boca em boca pela população de Ottosdal. Primeiramente, dizia-se que as rochas eram mais duras do que o aço, mas que possuiam um núcleo esponjoso que virava um misterioso pó branco ao ser tocado por um humano.
 
 
 
Além disso, um dos mineradores responsável pela descoberta teria afirmado publicamente que engenheiros da NASA haviam analisado e categorizado os objetos como “esferas perfeitas e com um equilíbrio tão apurado que não pode ser medido pela tecnologia atual”.
 
Contudo, o mais impressionante da história fica mesmo por conta da idade desses artefatos. Após uma série de análises científicas, ficou constatado que as esferas têm nada menos do que 2,8 bilhões de anos!
 
As esferas encontradas nas minas da Africa do Sul, despertam a curiosidade dos pesquisadores e especilaitas há muito tempo. Segundo Michael Cremo e outros pesquisadores da cultura pré-historica, estas esferas se somam a uma série de evidencias que sugerem que a vida inteligente existe na Terra há muito antes do que pensamos.
 
Essa é a conclusão de alguns especialistas que estudaram o objeto: "As esferas tem uma estrutura fibrosa por dentro com uma concha em volta. São muito duras e não podem ser arranhadas nem mesmo por aço. A singularidade da aparencia externa das esferas nos leva a pensar numa origem artificial para as mesmas."
 
 
 
Existem muitos especialistas que acreditam que as esferas pertenciam a uma civilização tecnológicamente avançada e que ela se extinguiu a mais de dois bilhões e 800 milhões de anos atrás. 
 
Mundo desconhecido \ Mega Curioso \ Caçadores de Mistério