De acordo com o livro de Enoque: Os anjos caídos estão presos na Antártica

 
 
Quem é Enoque..?
 
Enoque é um personagem bíblico misterioso, que teria vivido antes do grande diluvio. Porém, ele é mencionado muito pouco na Bíblia. Segundo o Livro Gênesis, Enoque foi o descendente da sétima geração de Adão, e ele teria vivido por 365 anos. 
 
Enoque era um homem muito bondoso e fiel a Deus, e por isso que ele teria vivido mais tempo que qualquer humano comum. E quando sua hora chegou e Enoque foi para o céu, Deus teria pedido para Enoque testemunhar um grande conflito. Um conflito que estava envolvendo os anjos de Deus. Então Enoque acabou se tornando o principal intermediário entre os dois lados: O lado dos Anjos Caídos, e o lado dos Anjos Justos. 
 
Enoque teria escrito um livro sobre isso, sobre o comportamento dos anjos, suas vidas, regras e historias... E em uma dessas historias falava sobre 200 anjos que caíram aqui na Terra. 
 
O livro de Enoque. 
 
 
 
O livro de Enoque é um livro apócrifo, ou seja, é um livro que não foi colocado na Bíblia. Isso porque segundo a igreja, esses textos tinham origem e ensinamentos duvidosos. 
 
Apócrifo são textos que foram escritos no mesmo período em que os outros livros da Bíblia foram escritos. Mas por algum motivo a igreja não quis incluir esses apócrifos na Bíblia. 
 
O conteúdo do Livro
 
Alguns textos do livro foram encontrados no Mar Morto, e alguns acreditam que ele foi escrito por volta de 200 anos Antes de Cristo. Existem várias historias nesse livro, mas a mais polemica fala sobre os Anjos Caídos, que foram condenados a viver em uma prisão perpetua até o dia do julgamento final. 
 
Anjos Caídos seriam anjos que foram expulsos do céu, e a historia começa falando exatamente sobre isso, quando 200 anjos teriam se rebelado nos céus entrando assim em conflito com aqueles anjos que eram fiéis a Deus.
 
Então esses 200 anjos caídos foram expulsos do céu, e ao chegar na Terra, eles chegaram na região do Monte HermDon, onde atualmente seria a fronteira entre o Líbano e a Síria. 
 
Aos poucos esses anjos começaram a conviver e se aproximar cada vez mais dos humanos, começando assim uma nova mistura. Segundo a historia acabaram gerando filhos descendentes. Nesse cruzamento entre humanos e anjos, acabou gerando uma raça de humanoides gigantes conhecidos como os Nephilins
 
Mas aos olhos de Deus, os Nephilins eram considerados aberrações, criaturas que não deveriam existir, já que ele nunca quis que seus anjos e seres humanos tivessem descendentes juntos. Como se tratavam de Anjos Caídos (e não Anjos Justos), por serem rebeldes, eles começaram a corromper a humanidade, ensinando eles a fazerem magia, armas e também levando eles ao pecado. 
 
Isso acabou levando a mais uma batalha celestial, onde os anjos justos tiveram que lutar contra os anjos caídos. Deus não estava nada contente com aquilo que estava acontecendo. Primeiro porque haviam 200 anjos fora do céu, na Terra, e segundo, porque a situação estava perdendo o controle. 
 
Não satisfeito com todo o evento, Deus resolveu prender os anjos, em um lugar afastado e isolado de tudo, para que assim eles não tivessem mais contato com nenhum ser humano. 
 
Então o criador prendeu eles em um lugar onde ninguém poderia chegar, isso até que o juízo final chegasse. Alguns acreditam que essa prisão estaria localizada em algum lugar na Antartida. 
 
Os anjos estariam na Antártida
 
No livro de Enoque não fala a localização exata de onde a prisão foi construída, mas diz que foi no limite da Terra. Enoque também diz que o local escolhido pelo criador é bem afastado de tudo e que para testemunhar o que aconteceu, ele teria sido levado para o Sul do planeta para ver os 200 anjos serem presos. Ele também diz que a prisão ficaria abaixo de algumas montanhas, ou seja, os anjos ficariam aprisionados no subsolo. 
 
"E vi os ventos na Terra, que sustentam as nuvens, e vi os caminhos dos anjos, eu vi no fim da Terra, o firmamento do céu acima. E fui para o Sul, e ardia dia e noite, onde havia sete montes de pedras precisas, três para o leste e três para o sul."
 
 
Essa parte da passagem, "que ardia dia e noite", pode estar ligada ao fato de que no Hemisfério sul, em alguns períodos do verão, o Sol brilha por 24 horas, ou seja, não existe noite. E essas 7 montanhas que estão falando no capitulo, seriam o monte Vinson, que fica na cordilheira sentinela, na Antartida. 
 
Mas existem mais montanhas menores ao redor... 
 
Como o texto é bem antigo, e escrito antes do Diluvio, possivelmente antes do diluvio naquela região existiam apenas essas montanhas mencionadas. E logo após a catástrofe do diluvio, aconteceram tantos deslocamentos e mudanças, que acabaram formando novas montanhas nos arredores - nesse determinado local. 
 
Fonte: Você Sabia