Algo inexplicável está ocorrendo em Berisso, Argentina: Sons de origem desconhecida e OVNIs estão sendo reportados!!

 
 
A Argentina atualmente é muito conhecida por ser um área de muita atividade UFO, e Berisso é um dos focos (pontos quentes para avistamentos de OVNIs) na província de Buenos Aires. 
 
Como em muitos outros países, as autoridades demoram para responder aos avistamentos de OVNIs e muitas perguntas ficam sem resposta. 
 
É por isso que um relatório recente sobre ruídos misteriosos e um OVNI em Berisso, em 10 de agosto de 2020, foi mantido totalmente anônimo pelo site UFO-Community.com
 
Será esse evento o que finalmente abrirá a porta da divulgação total na Argentina?
 
"Sou de Berisso, província de Buenos Aires (Argentina). E como muitos dos moradores da cidade, acordei logo depois da 01:00 da manhã com um som estranho. A princípio pensei que fosse um carro esperando para entrar em sua casa, ou mesmo a saída de um vizinho."
 
Isso não parece muito fora do normal ou relacionado a OVNIs, e a testemunha concordou… no início. O barulho continuou e:
 
"… era incomodo o suficiente para não me deixar dormir mais do que 5 minutos de cada vez."
 
 
A testemunha, que o site diz ser um vizinho, foi até sua varanda e determinou que o som irritante não era de uma tempestade ou outra coisa imaginada, mas parecia se originar de um terreno baldio próximo ao cemitério do parque Berisso. No entanto, antes que  pudesse identificá-lo melhor, o céu mostrou algo novo.
 
"Atrás das nuvens, mas perfeito. Oval, azul claro e brilhante. Nunca senti nada parecido. Um frio percorreu meu corpo (...), tive a exata sensação de que, de alguma forma, eles também me viram. Durante o tempo que ele (o OVNI) ficou suspenso no céu, eu não conseguia me mover para procurar o celular ou qualquer coisa. Foi como se eu tivesse ficado paralisado. Nunca na minha vida me senti tão observado."
 
Nenhuma foto ou registro desta testemunha, mas algumas alegações na rede social indicam que outras pessoas em Berisso ouviram o barulho e postaram uma gravação - veja o registro aqui.
 
Esta definitivamente não é a primeira vez que ruídos de origem desconhecida são ouvidos em Berisso. O site "Info Berisso" entrevistou Diego Bagú, diretor do Planetário da UNLP (Observatório Astronômico La Plata), em maio sobre outro incidente (possivelmente este no final de março) e ele falou o seguinte:
 
"Não posso falar o que é, não sabemos ao certo o que o causa. Eu vi alguns vídeos e é realmente bastante intrigante. Existe um consenso do ponto de vista científico de que esses misteriosos sons vêm da atmosfera (...)."
 
Certo mas e o OVNI? Para isso, dedos começam a apontar para a YPF S.A. (Yacimientos Petrolíferos Fiscales), grande empresa de energia argentina com uma planta na região. Em ambos os relatórios, a YPF nega ter algo a ver com o barulho nem com o OVNI.
 
No entanto, em agosto de 2018, a United UFO Field Researchers relataram outro OVNI sobre Berisso.
 
… JOHN NAUMOVICH, morador do setor central de Berisso sai ao fundo de sua casa e fica perplexo com a observação de um estranho OBJETO voador em voo direto oeste-leste, ou seja, em direção ao Rio de La Plata. O artefato, com luzes VERMELHAS, AMARELAS e BRANCAS, voou em velocidade moderada e altura regular, lembrando uma bola de rugby.
 
Isso chamou bastante sua atenção, durante o minuto em que a passagem durou, até que ele perdesse o objeto de vista. Este fenômeno foi possivelmente observado em outros sítios Bonaerenianos. ”
 
Esses OVNIs estão conectados à YPF, apesar de suas negações? Eles podem ser drones ou podem ser os OVNIs inexplicáveis frequentemente vistos em toda a América do Sul em instalações de energia e minas minerais. Será que os sons misteriosos podem estar ligados à YPF?
 
Parece ser uma boa ideia ficar de olho no céu e ouvido no solo em Berisso, Argentina… especialmente quando testemunhas preocupadas dizem:
 
 
"A sensação de me sentir exposto e observado, como se algo passasse pela minha casa (...).
 
Eu gostaria de saber se mais alguém viu. Acho que sim, porque era muito evidente. Agora nem me atrevo a sair para a varanda."