Os templos solares de Abu Gurab: Segundo teóricos do antigo astronauta, o local pode ter sido um PORTAL no passado

19/12/2021

Os templos solares de Abu Gurab podem ser associados por alguns estudiosos como antigos Stargates para entrar em contato com entidades divinas e seres vindos de outras partes do universo.

Tradições antigas de nativos egípcios e novos estudos dos chamados templos solares de Abu Gurab descrevem uma função Stargate, criada com o auxilio de ressonâncias harmônicas dos templos. Tais portões estelares teriam criado uma linha de contato com deidades antigas ou alienígenas do passado.

As estruturas solares (ou templos) de Abu Gurab estão situados a cerca de 15 quilômetros das pirâmides de Gizé (as mais famosas pirâmides do Egito) e fazem parte do complexo de pirâmides de Abusir.

Essas estruturas foram feitas com calcário, granito vermelho e alabastro. Foram encontradas 2 ruínas: a de Niuserra e a de Userkaf. O templo solar de Niuserra foi escavado entre 1898 e 1901 pelos egiptólogos Ludwig Borchardt e Heinrich Schäfer. O templo de Userkaf foi escavado na década de 1960.

O templo solar de Niuserra é o mais bem preservado. Segundo os arqueólogos, suas ruínas demonstram uma configuração semelhante à de outros templos solares no Egito: um enorme obelisco central e um altar para realizar rituais, com dois edifícios cercados por uma parede.

Templos Solares de Abu Gurab: portões estelares de seres extraterrestres chamados Neters

Os arqueólogos concluíram que os templos foram construídos pelos faraós da dinastia V, em 2.400 a.C., aproximadamente. No entanto, de acordo com as tradições indígenas, esses templos são muito mais antigos e os faraós apenas os restauraram e preservaram.

Abd 'El Hakim Awyan (1926-2008) foi um estudioso das tradições indígenas do Egito, especificamente o folclore antigo de Kemet, o primeiro nome antigo do Egito.

Hakim Awyan disse que Abu Gurab foi projetado para aumentar os níveis de consciência espiritual por meio de ressonância harmônica, que seria gerada com as vibrações de construções de alabastro, como o grande altar ou plataforma geométrica. Esse nível de consciência permitiria o contato com os Neters, que seriam uma espécie de seres extraterrestres ou entidades sagradas de energia do universo.

Stephen Mehler é outro estudioso do folclore egípcio. Em seu livro Land of Osiris, ele conta uma lenda que descreve um tipo de "pouso" dos Neters, que apareceram em forma física, na mesma cidade de Abu Gurab.

Definitivamente, essa tradição egípcia poderia estar descrevendo um Stargate, pois eles falam sobre contato com seres extraterrestres (ou extradimensionais) através de um portal criado com ressonâncias harmônicas. Os arqueólogos acham que pode haver mais desses templos solares na área de Abu Gurab.