Descoberta Monumental de Mosaico Romano em Terreno Agrícola na Turquia

27/01/2024

Uma impressionante descoberta arqueológica foi realizada no sul da Turquia, onde um vasto mosaico romano com elaborados padrões geométricos foi desenterrado, evidenciando a extensa influência do Império Romano.

O professor Michael Hoff da Universidade de Nebraska, especialista em história da arte e responsável pelas escavações do mosaico, relatou que esta obra de arte antiga fazia parte do piso de um grande complexo de banhos romanos, acompanhado por uma piscina extensa de 7 metros de comprimento, originalmente a céu aberto.

Acredita-se que o mosaico date do terceiro ou quarto século d.C., cobrindo uma área impressionante de 149 metros quadrados, equivalente ao tamanho de uma casa pequena. "Fiquei absolutamente maravilhado com as dimensões do mosaico", comentou Hoff em uma entrevista à BBC.

A existência do mosaico foi inicialmente sugerida em 2002, quando Nick Rauh, um professor da Universidade de Purdue, observou fragmentos de mosaico em um campo recém-arado perto da antiga cidade de Antiochia ad Cragum. Hoff mencionou que o arado do agricultor havia exposto esses fragmentos.

Após consulta a outros arqueólogos e especialistas do museu local em Alanya, Turquia, ficou claro que o museu não dispunha de recursos para uma escavação ampla. Assim, o local permaneceu intocado até que, no ano passado, uma nova licença de escavação foi concedida, permitindo a Hoff e sua equipe retomarem o trabalho.

Até o momento, aproximadamente 40% do mosaico foi revelado, encontrando-se em excepcional estado de conservação. Hoff descreveu que o mosaico, composto por quadrados com desenhos geométricos únicos, estava posicionado diante de uma piscina de mármore e flanqueado por pórticos.

Este é o maior mosaico romano já encontrado no sul da Turquia, uma área antes considerada marginal ao Império Romano. A descoberta indica que Antiochia ad Cragum teve uma influência romana muito maior do que previamente imaginado.

A cidade de Antiochia ad Cragum, estabelecida no primeiro século, conta com diversas estruturas romanas, como banhos e mercados. A equipe de Hoff também está explorando um templo romano do terceiro século e uma rua com colunatas e lojas.

O objetivo é retornar ao local com estudantes e voluntários para concluir as escavações do mosaico e, eventualmente, construir um abrigo de madeira sobre ele, tornando-o acessível ao público.