Ars Notoria: o antigo texto que ensinaria habilidades sobre-humanas..?

01/12/2021

As grandes mentes da história, como Albert Einstein ou Nikola Tesla, reconheceram que havia algo que vai muito além do que é reconhecível ou compreensível.

Desde os tempos antigos, o homem sentiu a necessidade de desenvolver habilidades sobrenaturais. É por isso que livros como "Ars Notoria" foram escritos, falando sobre essas habilidades sobre-humanas e como desenvolvê-las.

O antigo texto "Ars Notoria" é encontrado dentro do famoso livro chamado "A Chave Menor de Salomão".

Esses escritos garantem que quem lê e entende a "língua de prata" obterá uma memória perfeita para abrigar uma sabedoria inconcebível.

Ars Notoria: O Texto da Sabedoria Infinita.

Este livro foi originalmente escrito em 3 idiomas diferentes; Grego, latim e hebraico.

Os escritos originais de "Ars Notoria" eram tão famosos que dizem que até o próprio Rei Salomão os usou para se tornar o rei mais sábio, talentoso e compassivo da terra.

Há uma espécie de estratagema comunicacional nesses textos antigos que fascina muitos leitores.

Esse truque é conhecido como "experimento magnético", que explica em detalhes como usar a pedra angular e as agulhas para se comunicar a longas distâncias.

Diz-se que, se as duas agulhas forem esfregadas com a pedra angular de maneira adequada, as agulhas se enroscarão além do espaço. Ou seja, se uma agulha se movesse, a outra também se moveria independentemente da distância.

Se as agulhas fossem colocadas em um círculo de letras e imagens, as pessoas se comunicavam a grandes distâncias soletrando palavras.

Existem muitas idéias e noções encontradas neste texto antigo que, para muitos, estavam à frente de seu tempo.

Uma ciência desconhecida?

Até agora, existem muitas ciencias conhecidas que tentam explicar situações que não podem ser compreendidas - ou mesmo explicadas de forma lógica. Segundo os teóricos, o Ars Notoria é um texto que tenta se especializar nisso.

No passado, a grande maioria das pessoas não conseguia ler ou interpretar as escrituras sagradas. É por isso que se acredita que eles puderam considerar, ou classificar, esses textos como misteriosos.

Infelizmente, na atualidade, tudo o que não vem da ciência, ou o que não pode ser explicado cientificamente, é minimizado e até descartado pela comunidade científica.

No entanto, as grandes mentes da história, como Albert Einstein ou Nikola Tesla, reconheceram que havia algo que vai muito além do que é reconhecível ou compreensível...