Um templo subterrâneo incrível é encontrado

08/06/2017 18:41
 
 
Uma simples toca de coelho em uma fazenda no Reino Unido levou à descoberta de um santuário subterrâneo supostamente usado por devotos de uma ordem religiosa medieval.
 
Segundo a lenda local, as Cavernas de Caynton, perto de Shifnal, no condado de Shropshire (oeste da Inglaterra), eram frequentadas pelos seguidores dos Cavaleiros Templários.
 
A Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão, conhecida como Cavaleiros Templários, foi uma ordem militar de Cavalaria que existiu por cerca de dois séculos na Idade Média com o objetivo inicial de proteger os cristãos que voltaram a fazer a peregrinação a Jerusalém após a sua conquista.
 
Seus membros faziam voto de pobreza e castidade para se tornarem monges, usavam mantos brancos com a característica cruz vermelha, e seu símbolo era um cavalo montado por dois cavaleiros.
 
 
Como era cercada de segredos, entre os quais seus rituais de iniciação, a ordem permanece até hoje alvo de especulações e lendas.
A caverna encontrada fica a menos de um metro abaixo do solo, e parece estar estruturalmente intocada.
 
Ainda não se sabe exatamente qual era seu propósito original, mas o Historic England, órgão cultural ligado ao governo britânico, diz acreditar que elas foram provavelmente construídas no fim do século 18 ou no início do século 19 - centenas de anos depois da Ordem dos Templários ter sido dissolvida, o que enfraquece a ideia de que eles as teriam usado em seus rituais.
 
 
Segundo o Historic England, as cavernas parecem ser usadas, atualmente, para "rituais de magia negra" por visitantes. O britânico Michael Scott foi fotografar as cavernas depois de ver um vídeo delas na internet.
 
"Eu custei para encontrá-las; se você não sabe que elas estão ali, facilmente passaria batido. Considerando quando foram construídas, as cavernas estão em excelentes condições; é como se fosse um templo subterrâneo", explica ele.
 
 
Os túneis levam a uma rede de passarelas e arcos esculpidos em arenito, assim como a uma fonte.
 
Scott disse que a caverna era "bastante apertada" e quem tem mais de 1,80 m precisa se curvar para caber no local. Algumas câmaras são tão pequenas que para entrar nelas é necessário ajoelhar-se.
 
 
"Tive de agachar e uma vez dentro do local era um silêncio absoluto. Havia algumas aranhas lá, mas só isso. Estava chovendo, então, a entrada estava bastante lamacenta, mas o interior da caverna estava completamente seca", acrescentou ele.
 
As cavernas tiveram o acesso bloqueado em 2012 com o objetivo de afastar vândalos e praticantes de "magia negra".