Caso MUFON: Milhares de testemunhas presenciam a queda de um OVNI na Bolívia...

13/05/2015 14:53
 
Data: 06 de maio de 1978 
Local: El Taire Mountain, Bolívia
 
 

 Em 6 de Maio de 1978, a fronteira da Argentina e Bolívia foi o centro de um dos acidentes mais polêmicos da America Latina, no qual a presença de militares de vários países ainda não foi explicada.

 
 
 No final do dia as pessoas de Orán, e de toda região que faz fronteira com a Bolívia, e de todos os povoados bolivianos próximos da Argentina, viram passar um objeto não identificado sobre suas cabeças !
 
 Todos viram nitidamente um enorme "UFO" em alta velocidade, produzindo um som bastante "grave" no dia 6 de maio, mas o que seria esse misterioso fenômeno ?
 
 Se era apenas lixo espacial, ou mesmo um meteorito, porque tantos segredos sobre esses casos, porque os militares sempre isolam o local, e não permitem que ninguém se aproxime, porque a NASA muitas vezes aparece no local das quedas rapidamente. Porque quase sempre há o desaparecimento de todos os artefatos e destroços do local da queda, não restando nem um único fragmento?
 
  Talvez o mais provável seja uma corrida para resgatar a tecnologia extraterrestre de possíveis naves alienigenas, e ficar a frente de outros países tecnologicamente.
 
 Voltando para Argentina 1978, em plena luz do dia um objeto voador não identificado passou em grande velocidade pelo céus de Orán. Minutos após o avistamento, o objeto caiu causando um enorme estrondo. Esse objeto percorreu centenas de quilômetros antes de cair, sendo visto por milhões de pessoas de varias locais diferentes. Muitas pessoas tiveram suas janelas de casa rachadas com o potente impacto do objeto.
 
 O incidente foi tão impressionante que rapidamente chamou a atenção das autoridades, e dos meios de comunicação. Dois jornalistas do Jornal El Tribuno são as peças principais na hora de reconstruir os fatos e tentar compreende-los.
 
 Juan Antonio do jornal El Tribuno resolveu sobrevoar a provável área onde possivelmente o objeto havia caído. Mas enquanto o jornalista esperava no aeroporto de Tarija a chegada do helicóptero, apareceu um avião da NASA no local!
 
O ovni teria caido nas proximidades do Parque Nacional El Baritú,
por volta das 17:30 
 
 
 Após algum tempo esperando o Helicóptero, chega um aviso ao jornalista Juan, no qual eles (aeroporto de Tarija) não iriam poder liberar o helicóptero....  Teria isso alguma relação com a chegada da NASA em Tarija ?!
 
 Mas o que poderia estar fazendo a equipe da NASA em aeroportos locais? Dispostos a saber a verdade os dois jornalistas do El tribuno, queriam fazer de tudo para chegar ao local da possível queda do OVNI. Sem o helicóptero os dois jornalistas se aventuram a pé para o local da queda, e após 48 horas de caminhada finalmente chegam onde provavelmente o objeto havia caído. Mas ao chegarem, percebem que o local já havia sido visitado por militares, não encontrando nada a não ser uma cratera cristalizada pelo calor intenso do impacto.
 
 Após esses eventos nada mais se soube sobre esse incidente, no entanto, se for apenas um meteoro por que todo esse segredo por parte da NASA, e a rápida limpeza dos destroços do local da queda ?! 
 
 Segundo testemunhas de Orán, ouve uma atividade intensa de luzes misteriosas, dias após o incidente, que sobrevoavam toda a região, e também o lugar do impacto. Seria mesmo um meteorito, ou um objeto extraterrestre..... ?!
 

Observações importantes sobre o caso 

 
* Esse é um dos casos mais incriveis da ufologia Argentina (e Boliviana)
 
* O local da queda era quase inacessivel por causa da vegetação
 
* O impacto foi sentido por inumeros habitantes da redondesa 
 
* Abalos sísmicos foram sentidos em distintas localidades 
 
* Segundo os inumeros relatos um OVNI realmente teria caido no local, descartando qualquer outra possibilidade !
 
* As pessoas que viram o objeto ficaram muito intrigadas por não saber o que haviam observado (pois não se parecia com nada que haviam visto em suas vidas)
 
 

 

Galeria de fotos: UFO cilíndrico cai na Bolívia , testemunhado por milhares de pessoas !