Top 5 casos incríveis de Abdução !

08/10/2015 23:15

UFO

5 – Barnet e Betty Hill (1961)

 
A história de Barney e Betty Hill é muito interessante não apenas pela suposta abdução, como também sociologicamente. Após este casal ir a público com a sua história, vários outros testemunhos de rapto começaram a surgir nos meios de comunicação. Barney e Betty estavam na estrada retornando para casa em New Hampshire, nos Estados Unidos, quando viram uma luz brilhante no céu. Eles pararam seu carro e, com o uso de binóculos, viram o que seriam criaturas alienígenas na luz. Após o casal retornar a seu carro, eles perderam 2 horas de suas vidas e apareceram em um lugar bem a frente de onde estavam. O vestido de Betty foi rasgado e os sapatos de Barney estavam roçados. Os relógios foram interrompidos no momento em que viram a luz. O casal se tornou famoso por sua experiência, e numerosos documentários já foram escritos para recontar sua estranha história. O documentário abaixo conta melhor a história dos dois:
 

4 – Abdução de Allagash Waterway (1976)

 
Provavelmente uma das mais famosas histórias de abdução em grupo, o rapto que ficou conhecido como Allagash Waterway envolveu quatro homens: os irmãos Jim e Jack Weinner, Chuck Rack e Charlie Foltz. Eles eram colegas em uma escola de arte, e os quatro estavam em uma viagem de pesca. Depois de um dia de poucos peixes, o grupo decidiu pegar sua canoa para pescar a noite. Para ajudá-los a encontrar seu caminho de volta, eles acenderam uma grande fogueira.
 
Durante a pesca, o grupo notou uma esfera brilhante sobre as árvores se movendo e mudando de cor. O astro chegou próximo à canoa e, segundo eles, tomou conta de todo o grupo. A próxima coisa que eles se lembram é estar de volta ao acampamento – com a fogueira apagada. Os homens começaram a ter pesadelos, com seres estranhos a examiná-los. Eles passaram por hipnose, e todos relataram coisas parecidas. Como eles também eram artistas, foram capazes de passar suas experiências para o papel com resultados muito perturbadores.
 

3 – John Salter, Jr. (1998)

 
Esta história é, provavelmente, uma das poucas que realmente tivera um final muito positivo. John Salter, Jr. e seu filho John III também relataram a perda de uma hora de suas vidas. Eles se lembravam de ter visto um grupo de crianças reunidas ao redor de um ser meio-humano muito alto. Os homens disseram que não tiveram medo dos extraterrestres – pelo contrário, eles se sentiram protegidos. Os dois homens teriam sido guiados para um quarto onde passaram por um minucioso exame médico. Depois de tudo, tanto John Jr. quanto John III relataram uma significativa melhora em sua saúde. O aspecto mais incomum e convincente desta história? Uma cicatriz permanente na testa de John Jr. praticamente desapareceu após o incidente.
 

2 – Kelly Cahill (1993)

 
A australiana Kelly Cahill afirma ter passado por uma experiência de abdução alienígena enquanto ela e sua família estavam dirigindo para casa. Como em todos os casos, ela avistou um OVNI no horizonte, com uma luz ofuscante à frente. Depois do pânico inicial – e ao notar um segundo carro – ela e seu marido simplesmente continuaram sua viagem para casa com os três filhos.
 
Ao voltar para casa, Kelly percebeu que eles tinham perdido um bom pedaço de tempo. Conforme o tempo passava, Kelly começou a se lembrar de coisas nada naturais, como procedimentos médicos humilhantes, criaturas assustadoras e controle de mente. Seu marido dizia o mesmo, e as crianças não entendiam nada. E o que é estranho neste relato? A família no segundo carro relatou uma experiência idêntica aos Cahill, mas preferiu não se identificar publicamente por medo do escrutínio.
 

1 – Clayton e Donna Lee (2005)

 
Clayton Lee afirma que foi abduzido por alienígenas inúmeras vezes, com experiências relatadas desde a infância. Quando ele se casou com sua esposa Donna, ela também se tornou uma vítima desses raptos. Donna até acredita que os alienígenas tomaram um feto de seu corpo. Na frente das camêras, um hipnotizador foi trazido para buscar as memórias do casal, e os resultados foram inquietantes. As memórias incluíam Clayton gritando “Não toque em mim!”.
 
A história do casal chamou a atenção da psiquiatra de Harvard Susan Clancy. Ela abriu um canal onde as pessoas podem relatar casos similares, que logo se encheu de mensagens. Clayton e Donna também foram entrevistados no programa de Bill O’Reilly, e têm sido apontados como um exemplo moderno de abdução alienígena – ou de paranoia exagerada. Vamos deixar para você decidir.
 
 
Fonte: The Richest