Tecnologia antiga: Os Maias antigos aperfeiçoaram o uso da borracha a 3000 anos atrás

03/09/2016 14:39

Os antigos maias aperfeiçoaram o uso da borracha criando vários produtos a partir dela 3000 anos antes das pessoas do Velho Mundo terem algum conhecimento sobre a existencia dela

 
 
 
Quando os conquistadores espanhóis chegaram na América Central, no século 16, eles encontraram uma civilização muito avançada que tinha muitas coisas que deixaram os espanhóis espantados, dentre as coisas havia algo que nunca tinham visto antes: as bolas de borracha. O material elástico - com a qual as bolas foram feitas - simplesmente não existia no Velho Mundo, e os conquistadores espanhóis não conseguiram encontrar uma palavra para descrever o que estavam vendo.
 
A descoberta do processo de vulcanização - borracha vulcanizada - por Charles Goodyear é, sem dúvida listada como uma das maiores conquistas nos tempos modernos, revolucionando muitas coisas, entre elas os pneus usados no transporte.  No entanto, antes Goodyear vir com suas técnicas, 3000 anos atrás, os antigos maias criaram produtos elásticos e objetos feitos de borracha, como bolas, figuras humanas, e amarrações para várias utilidades.
 
Na sociedade Maia antiga, tanto a seringueira e a corriola foram consideradas como plantas extremamente importantes - as plantas foram usadas como um alucinógeno, bem como ervas curativas. As duas são geralmente encontradas crescendo uma perto do outra.
 
Em um estudo publicado por cientistas do MIT em 2010, os pesquisadores concluíram que as antigas civilizações mesoamericanas foram as primeiras que estudaram os polímeros. Variando a quantidade de material misturado com a borracha "crua", eles foram capazes de modificar suas propriedades ajustando o material para qualquer utilização, o que o tornou um material dominante a milhares de anos antes da sociedade moderna conhecer a borracha.
 
Os antigos Maias revolucionaram muitas técnicas e até aprenderam a misturar a borracha com outros materiais. Ao pesquisar os textos escritos por exploradores espanhóis, os cientistas descobriram que os antigos Maias criaram esferas de borracha através da mistura de látex com um cipó chamado corriola ...
 
O estudo do MIT foi baseada em pesquisas do professor Dorothy Hosler e o instrutor técnico Michael Tarkanian do Departamento de Ciências dos Materiais, e Engenharia do MIT.
 
Em 1999, os dois cientistas relataram que através da mistura de partes iguais de látex de seringueira (encontrada no Panamá), com suco de Morning Glory, e aquecendo a mistura, eles conseguiram criar bolas pulantes. Além disso, ao explorar as propriedades dessa mistura, eles perceberam que, variando as proporções desses dois elementos, os produtos ficam com propriedades muito diferentes. 
 
Por exemplo, três partes de látex e uma parte de corriola resultam em um durável e forte ideal material para sandálias. Se Morning Glory não for adicionado à mistura, o resultado obtido sera um bom adesivo. Como podemos ver, o resultado foi semelhante ao obtido por Charles Goodyear em 1839, quando ele descobriu por acaso o processo de vulcanização, transformando a indústria de automóvel através da criação de uma das mais populares marcas de pneus.
 
Como você pode ver, os maias antigos eram extremamente avançados, não só em diferentes ciências, mas também em um dos primeiros tipos de processos industriais - a borracha - a milhares de anos atrás ...