Inacreditável fenômeno nunca visto antes no Universo - Supernovas Superluminosas !

14/06/2016 20:17
 
Os astrônomos não estão totalmente certos sobre o que é o misterioso objeto, que supera a luminosidade de nossa Via Láctea em cinquenta vezes.  Enquanto ainda existe muita especulação sobre o que é o objeto, o mais provavel é que seja o resultado de "Supernovas Superluminosas" (Superluminous Supernova). O incrivel fenomeno torna-se o mais poderoso evento ja visto até agora, ainda que haja um pouco de ceticismo na comunidade científica.
 
Os cientistas acreditam que esta descoberta "pode levar a um novo pensamento e novas observações de toda a classe de Supernovas Superluminosas."
 
Foi em Junho de 2015, que os investigadores avistaram uma "bola de gás quente" localizada há bilhões de anos luz de distância do nosso sol. Ela irradiava com uma energia impressionante de centenas de bilhões de sóis.
 
Os investigadores foram deixados em êxtase. Na sua essência, os investigadores identificaram um objeto que se acredita ter cerca de 10 milhas de diâmetro. O objeto é conhecido como ASAS-SN-15lh e é duas vezes mais luminoso que qualquer outro objeto previamente identificado por astrônomos. 
 
Também é muito mais brilhante do que uma supernova comum, e esta acontecendo fora de nossa Via Lactea, á superando em brilho em quase cinquenta vezes!
 
Todd Thompson, professor de astronomia na Universidade de Ohio, explicou que, se este é, de fato, um magnetar, ele teria que girar pelo menos 1.000 vezes em um segundo, convertendo a energia de rotação em luz com quase 100% de eficiência. Seria o exemplo mais extremo de um magnetar que os cientistas acreditam que é fisicamente possível em nosso universo.
 
 
Agora os cientistas estão descobrindo o que o objeto poderia ser. Estudos iniciais mostram que o objeto no centro poderia ser uma espécie de estrela extremamente rara, referida pelos astrônomos como um magnetar de milissegundos. No entanto, esta em questão é tão poderosa que empurra os limites de energia propostos pela física convencional. A magnetar de milissegundo é uma estrela densa que gira rapidamente, com um campo magnético extremamente poderoso.
 
Este objeto fascinante não pode ser visto a olho nu devido ao fato de que ele está localizado a cerca de quatro bilhões de anos luz da Terra. No entanto, a Pesquisa Automated All-Sky para Supernovas é capaz de detectar objetos brilhantes em nosso universo que outros telescópios não podem.
 
Desde 2014, ASAS-SN encontrou 250 supernovas. No entanto, nenhum deles chega sequer perto de ASAS-SN-15lh. A explosão que alimentou ASAS-SN-15lh foi 200 vezes mais poderosa do que uma supernova convencional. Ela é 570 bilhões de vezes mais brilhante do que o nosso Sol, e 20 vezes mais luminosa do que todas as estrelas em nossa galáxia combinadas.
 
"Nós temos que perguntar, como isso é possível?", Disse Krzysztof Stanek, professor de astronomia na Universidade de Ohio. "É preciso uma grande quantidade de energia para brilhar tão intensamente, e a energia tem que vir de algum lugar."
 
"A resposta mais honesta á esta altura, é que nós não sabemos o que poderia ser a fonte de energia ASASSN-15lh", disse Subo Dong, Professor de Astronomia do Instituto Kavli, para "Astronomia e astrofísica" da Universidade de Pequim. Ele acrescentou que a descoberta "pode levar a um novo pensamento e novas observações de toda a classe de Supernova Superluminosas ."