Relatos de OVNIs eram comuns durante a Primeira Guerra Mundial

20/08/2015 16:34

 ovnis-guerra

 

O autor Nigel Watson descobriu inúmeros casos de OVNIs sendo avistados no início do século 20.
 
Vários anos antes do famoso encontro de Kenneth Arnold a partir do qual o termo “disco voador” foi originalmente cunhado, os OVNIs já estavam sendo relatados nos céus acima de Grã-Bretanha.
 
Em um incidente, vários pilotos que haviam interceptado aeronaves alemães sobre Londres, relataram encontros com objetos misteriosos no céu sobre a capital.
 
Um dos pilotos até tentou atirar com o revólver, enquanto outro o descreveu como sendo um “vagão de trem com as persianas para baixo.”
 
“As pessoas pareciam ver as coisas no céu como algo mais avançado do que a tecnologia atual, mas ainda dentro dos limites da credibilidade e das possibilidades do tempo”, disse Watson. “É o chamado ‘tracking cultural’ -. o que vemos é condicionado pelos meios de comunicação e da cultura”.
 
Durante a guerra, os relatos de objetos estranhos nos céus sobre o Reino Unido eram comunicadas à polícia que então passou essa informação para o governo britânico. “Os oficiais da inteligência militar investigarem os avistamentos”, disse Watson. “Muitas delam foram esclarecidas, depois de alguns telefonemas, e mostravam ser erros de identificação. Alguns não foram explicados.”
 
Um caso não solucionado de um oficial da inteligência militar foi investigado pois trazia relato de luzes flutuantes que foram avistados ao longo de dois meses, acima da cidade de Plymouth.
 
Em outro, OVNIs foram vistos com tanta frequência ao longo do Lago District que levou a uma operação militar em busca de uma base inimiga oculta. Nada foi encontrado, mas uma recompensa em dinheiro foi oferecida para quem pudesse ajudar no mistério.