Raro fenômeno atmosférico levanta muitas suspeitas

26/09/2016 11:18

 

 

Meteorologistas conseguiram algo muito raro este mês, quando um dos mais raros fenômenos atmosféricos apareceu sobre o tempestuoso Mar do Caribe.  A aparição é conhecida em inglês como “jellyfish sprite“, algo como “espírito água-viva” em português, e é raramente vista e muito menos fotografada ou filmada. A primeira foto feita do fenômeno data de 1989.  Estes raro fenômeno de raio algumas vezes é chamado de “A-bomb sprite“, devido sua semelhança às nuvens no formato de cogumelo geradas por armamentos nucleares.

 

 

Estes tipos de fenômenos são uma forma de descarga elétrica extrema que ocorre muito acima das nuvens típicas de tempestades.  Diferentemente de raios tradicionais que alcançam temperaturas muito elevadas, estes ‘sprites‘ são uma forma fria de plasma e tipicamente aparecem nas cores vermelha ou laranja.

 

 

O fenômeno foi visto e filmado por Frankie Lucena, de Cabo Rojo, Porto Rico, que postou sua filmagem online:

 

 

Embora os meteorologistas não estejam mais surpresos pelos sprites, que agora têm sido fotografados e documentados várias vezes ao redor do mundo, os caçadores de OVNIs estão alegando que estas explicações científicas são imprecisas e acreditam que estas misteriosas aparições sejam algum tipo de descarga estática de uma nave alienígena entrando no espaço aéreo terrestre.  Segundo o site UFO Sightings Daily, a explicação sobre os sprites é um acobertamento para a visita extraterrestre:
 
 
“É muito claro ver que se trata de um OVNI água-viva gigante, se escondendo dentro de uma nuvem, e está sugando a energia da eletricidade, causando o raio ao seu redor.  Algumas naves deliberadamente criam estas tormentas, somente para que posam se alimentar, irrelevantemente do dano que possam causar ao público.”
 
Seja isto um OVNI ou somente uma rara descarga elétrica atmosférica, a filmagem é certamente impressionante. Raros fenômenos tais como estes revelam que, apesar de nossas melhores tentativas em compreendermos o nosso mundo através da ciência, a Terra permanece um lugar muito misterioso para se viver.
 
 

Fonte\Fonte