Por alguma razão estranha as paredes de Teotihuacán estão revestidas com isolamento radioativo

19/07/2017 07:32
 
 
A antiga cidade de Teotihuacan, localizada a nordeste do Vale do México, contém inúmeros enigmas entre os quais o material que foi usado para construir suas paredes. Elas foram feitas de mica, um mineral que funciona como isolante radioativo, cuja mina mais próxima (onde se pode conseguir a mica) está localizada a 3200 km de Teotihuacán, também chamado de Cidade dos Deuses.
 
A pergunta que assombra muitos investigadores e estudiosos é por que os primeiros colonizadores desta cidade fizeram um enorme esforço - para conseguir mica atravessando grandes distancias - para afastar um ataque radioativo naquela época?
 
Os edifícios onde eles mantiveram suas relíquias sagradas assim como templo do deus do sol, são revestidos com essa proteção especial, que hoje só existem em grandes bases mundiais militares e governamentais. O fato de que os autores deste trabalho transportaram este material através de 3200 quilômetros mostra que eles sabiam muito bem o que estavam fazendo, por isso não é atribuível ao acaso - sem duvida existia um bom motivo para isso ser feito.
 
Talvez Teotihuacán em seus melhores momentos abrigou os filhos dos deuses, talvez seres alienígenas ou alguma espécie com inteligência muito superior. Sem duvida a existencia de mica nesse local é algo que continua sendo investigado até hoje, e provavelmente nunca saberemos com certeza a verdade. 
 
A historia antiga de vários lugares parece fazer parte de um quebra cabeça que não combina com a historia contada nos livros de historia. Existem muitas coisas muito mal explicadas, que merecem ser meticulosamente analisadas para conseguirmos entender nosso verdadeiro passado. 
 
No vídeo abaixo você poderá entender melhor sobre esse incrível assunto, nele você vai ver uma intrigante teoria de um investigador e engenheiro mexicano. O tema é aprofundamente debatido pelo canal VM Granmisterio.
 
Aprenda a ativar legenda em português clicando aqui
 
 
Este investigador diz que encontrou vestígios de pequenos túneis embaixo de Teotihuacán que se conectavam a vários lugares. Segundo ele esses tuneis embaixo da terra estavam revestidos por mica, e eles se conectavam a uma especie de câmara secreta embaixo do Templo do Sol (Pirâmide do Sol). Foi nessa câmara de acordo com analises que foi encontrado fortes indícios de grandes quantidades de ferro que são similares a grandes portas, onde poderia conter diversos tipos de materiais radioativos, o que explicaria a existência da mica para conter a radioatividade. 

 

Fonte