Oficial: Um legitimo pouso de OVNI aconteceu, e a área esta isolada...

20/10/2017 09:55

Analisamos nos últimos dias e já constatamos que trata-se de algo que não foi feito por um humano. Foi um OVNI, realmente, que pousou ali em movimentos circulares, de modo que a vegetação foi apenas amassada. Saga colheu relatos de moradores do local, os quais disseram que as residências ficaram sem energia no momento do ocorrido

 
 
De acordo com o Portal G1, equipes da Prefeitura e pesquisadores investigam o que teria sido o pouso de um OVNI em Peruíbe, no litoral de São Paulo (Brasil).
 
Segundo reportagem, moradores teriam visto uma luz em um terreno durante a madrugada. Ao irem até o local ao amanhecer, encontraram a vegetação amassada. A prefeitura de Peruíbe interditou o terreno para análise.
 
O terreno onde ocorreu o incidente está localizado aos fundos de uma casa na Rua 19, no bairro Balneário São João Batista 3. Este local é afastado da região central da cidade.
 
As marcas deixadas na vegetação tem pouco mais de 13 metros de comprimento por dois metros de largura.
 
O pesquisador Saga Susseliton disse:
 
'Analisamos nos últimos dias e já constatamos que trata-se de algo que não foi feito por um humano. Foi um OVNI, realmente, que pousou ali em movimentos circulares, de modo que a vegetação foi apenas amassada.'
 
Saga colheu relatos de moradores do local, os quais disseram que as residências ficaram sem energia no momento do ocorrido. Saga disse:
 
Vegetação amassada
 
 
'Temos um casal que relata que viu um feixe de luz nesse terreno e, em outro momento, essa luz se aproximou da casa deles.'
 
De acordo com a reportagem, embora o episódio tenha ocorrido na madrugada de 7 de outubro, ele foi mantido em segredo até agora para não chamar a atenção de curiosos. Somente na quinta-feira (19), é que a prefeitura divulgou o ocorrido, então atraindo aproximadamente 100 pessoas ao local.
 
Ainda foi dito:
 
'Estamos em fase de pesquisa, mas já colhemos imagens, analisamos o terreno e ouvimos as testemunhas. Uma delas relata que, às 18h do dia 7, após o ocorrido, viu algo na mata que não foi capaz de identificar. Todos ficaram muito assustados.'

 

Fonte\Fonte