O que hieróglifos egípcios de 5.000 anos de idade estão fazendo na Austrália

06/09/2016 10:19

Há dezenas se não centenas de descobertas na Terra que parecem indicar que a história como a conhecemos está errada. Os enigmáticos hieróglifos egípcios de 5.000 anos de idade são apenas uma das muitas descobertas que quebram história mainstream.

 
 
 
 
A historia não esta apenas errada, mas tambem incompleta, e isso se da por varios motivos. Nós apenas temos que dar uma olhada nas inúmeras descobertas que foram feitas em todo o mundo, que mostram claramente que os estudiosos tradicionais estão ficando para trás.
 
Uma das coisas mais fascinantes descobertas nos últimos anos são os hieróglifos egípcios de 5.000 anos idade descobertos na Austrália.
 
Quando você olha para esta descoberta de um ponto de vista convencional, você provavelmente diria que é impossível, os antigos egípcios não poderiam viajar para  Austrália, eles não têm a capacidade de realizar viagens transoceânicas. 
 
Antes de 'enfrentar' os hieróglifos misteriosos de origem egípcia encontradas na Austrália, vamos dar uma olhada em outras peças 'fundamentais' que suportam a possibilidade de que os antigos egípcios se comprometeram a fazer viajens transoceânicos a milhares de anos atrás.
 
 
Uma das descobertas mais controversas - o que sugere diretamente que os antigos egípcios estavam em contato com antigas civilizações americanas - foi feita em 1992.
 
Em 92, um cientista alemão estava realizando testes em antigas múmias egípcias. Um teste chocante revelou vestígios de haxixe, tabaco e cocaína na pele, cabelo e ossos de uma mumia.
 
Tabaco e cocaína eram plantas que só cresciam no "Novo Mundo", no momento da mumificação. Então, como é que estes narcóticos exóticos chegaram no Antigo Egito antes de serem encontrados no "Novo Mundo"?
 
Como você pode ver, há descobertas que apontam para o fato de que os antigos egípcios - e, possivelmente, outras culturas antigas - tinham a capacidade de realizar viagens transoceânicas milhares de anos mais cedo do que os estudiosos tradicionais propõem.
 

Os enigmaticos hieróglifos egipcios na Australia

.
 
Muitos pesquisadores acreditam que esses glifos são autênticos, com variações "gramaticais", que, fundamentalmente, não foram sequer documentados no hieroglífico egípcio até tempos recentes.
 
Localizado no Parque Nacional Brisbane Water, Kariong, existem inúmeros hieróglifos que quebram a história mainstream e padrões.
 
Os hieróglifos foram vistos pela primeira vez em 1900, e existem cerca de 250 esculturas de pedra - que têm sido parte do folclore local há mais de um século - de modo que não é algo que foi descoberto recentemente.
 
A parte mais interessante sobre o Gosford Glyphs é o seu estilo de escrita.
 
Segundo os moradores que tiveram a oportunidade de ver e estudar esses hieróglifos, eles parecem extremamente antigos e estão escritos no estilo arcaico das primeiras dinastias, um estilo que tem sido estudado muito pouco e é intraduzível pela maioria dos egiptólogos.