O mistério da mansão Houghton

18/12/2014 23:58

 A Houghton Mansion é (era) a casa antiga de Albert Charles Houghton e a sua familia em North Addams, Massachusetts. É agora usado como um templo Maçonico.


Mas agora, qual é a sua história?

Albert Charles Houghton, Presidente de "The Arnold Print Works" e o primeiro presidente de North Addams, Massachusetts, construiu o que é agora um Templo Maçonico de 1890, logo após o seu cargo de presidente ter acabado. Era a sua terceira casa em North Addams, e a mais estravagante refletindo a sua riqueza e status. Construido baseado no estilo "Neo-Classical Revival" tem um forte aspecto Grego com muitas influências de diversas origens. O telhado da mansão foi feito com telhas espanholas, e as tábuas eram mais finas em baixo para dar a ilusão de que a casa era mais alta do que na verdade era. Havia um jardim formal nas traseiras, que era frequentemente usado para festas para ganhar dinheiro para o Hóspital de North Addams. Os Houghtons mudaram-se aproximadamente em 1900, a familia depois consistia do Sr.Houghton, a sua mulher Candelia e a sua filha sobrevivente mais nova Mary, após 23 anos. Outra filha, Cordelia falecida ainda na sua infançia, enquanto as outras três viveram para crescer, casar, e criar os seus filhos. Em 1905, quando o Sr. Houghton tinha 61 anos, a sua saúde começou a falhar. Nesse ponto, Mary resolveu que ela não poderia casar, então dedicou a sua vida para cuidar do seu pai. Um maníaco viciado em trabalho com a paixão pelo trabalho, o Sr.Houghton de facto não se reformou, mas cortou o tempo dividindo as vendas de "APW" e os fúncionarios em Nova York e North Addams, deixando as maiores decisões para o seu filho adotado, William A. Gallup.


Acidente de carro em 1914:

Na Primavera de 1914, os Houghtons investiram no seu primeiro carro, um carro de turismo de sete lugares, e eviaram o seu motorista de "Tempo-longo", John Widders, para aprender a conduzi-lo. No primeiro dia de Agosto do ano, Sr.Houghton e Mary decidiram ir a Bennington, Vermont para um passeio de carro relaxante. A Srª.Houghton escolheu ficar em casa, então eles foram acompanhados pelo Dr. e a Srª.Robert Hutton de Nova York. Sybil Hutton era um amigo de infância de Mary e uma filha dofabricante de calçados North Adams WG Cady.  Com os Widders ao volante, o carro deixou a mansão às 9:00am; às 9:30 estava em Pownal, Vermont dirigindo-se ao que é agora "Oak Hill Rd". A estrada estava sob reparações, e um grupo de cavalos estavam estacionados no lado direito. Os Widders seguiram em seu torno á esquerda, em cerca de 12mph. No seu lado esquerdo, o carro caputou e caiu num precipicio, rolando três vezes antes de ir para uma posição vertical num campo de quinta. Todos menos Mary foram atirados de fora do carro. Os homens escaparam com ferimentos leves tipo cortes, arranhões, feridas e fracturas minimas. As mulheres não tiveram sorte. A Srª. Houghton foi morta quase instantaneamente quando o carro rolou sobre ela. Mary Houghton ficou ferida mesmo mal e morreu com danos graves às 3:00pm no Hóspital de North Addams. Esperando sobreviver, o Sr.Houghton foi levado a casa, e morreu dez dias depois. O investigador do Estado de Vermont livrou os Widders de toda a maldade, culpando o acidente em vez. Mas Widders ainda se  culpou a si mesmo e, às 04:00 a 2 de agosto de 1914, ele se baliou na adega de Houghton com uma "horse pistol". O Sr. Houghton morreu em 11 de agosto, 1914.


Assombrações:

A mansão Houghton é supostamente assombrada pelos espiritos de Albert Houghton, a sua filha, Mary Houghton e um espirito obscuro, Jonh Widders. Uma assombração muito vista é a aparição de uma menina, que não tem relação com a familia. Os maçons afirmam que antes da mansão ser construída, uma outra casa foi localizada na propriedade, e a mansão foi construída em cima da casa, deixando o porão intacto. Pessoas tiveram o sentimento de tristeza no quarto de Mary Houghton.


Fotografias da casa:

Fonte: Irmandade de terror