O fim do mistério sobre a Grande Pirâmide de Gizé: Enfim podemos ter descoberto o verdadeiro objetivo dessa incrível estrutura !!

07/12/2016 11:48

Os blocos de pedra utilizados nas partes internas da Grande Pirâmide foram feitas a partir de calcário, que contém pequenas quantidades de cristais e metais que se acredita serem duas importantes propriedades para permitir a transmissão de energia. Além disso, os eixos construídos dentro da Grande Pirâmide foram feitos de granito, que é uma substância ligeiramente radioativa que permite a ionização do ar dentro dos poços de ar da Grande Pirâmide; Características semelhantes podem ser encontradas em um cabo condutor.

 
 
 
 
Qual era o verdadeiro propósito da Grande Pirâmide de Gizé? Foi criada apenas como um túmulo? Foi construída pelos antigos egípcios para armazenar grãos? É possível que haja uma terceira e fascinante teoria que poderia explicar de uma vez o verdadeiro propósito da Grande Pirâmide?
 
De acordo com muitas pessoas, o grande Nikola Tesla pode ter descoberto o verdadeiro propósito da Grande Pirâmide de Gizé. Os antigos egípcios podem ter lançado as bases de uma tecnologia que milhares de anos depois foi reconhecida - pelo menos parcialmente - por Nikola Tesla.
 
Além de sua imponente magnificência, a Grande Pirâmide de Gizé poderia conter mais segredos do que jamais imaginamos.
 
Foi aceito por anos que as civilizações antigas empregaram tecnologias muito avançadas, tais como a eletroquímica, o eletromagnetismo, a metalurgia, a química, a física, a matemática, dentre outros, milhares de anos antes que estes fossem "inventados" pela sociedade moderna. Evidências dessas tecnologias estão presente no Egito Antigo, bem como na Suméria e outras culturas antigas ao redor do globo.
 
No entanto, a Grande Pirâmide de Gizé é talvez uma das maiores "tecnologias" inventadas pelos nossos antepassados há milhares de anos.
 
O revestimento exterior da Pirâmide de Gizé foi composta de calcário branco, que trouxe grandes propriedades isolantes. O invólucro exterior da Grande Pirâmide de Gizé era coberto por "calcário de tufo branco", montado de tal maneira que nada podia caber entre as pedras. Vale ressaltar que o "calcário de tufo branco" usado na carcaça externa da Grande Pirâmide de Gizé não contém magnésio e possui propriedades isolantes muito elevadas. Acredita-se que esta propriedade de isolamento sofisticada permitiu que os antigos egípcios controlassem totalmente a liberação de energia dentro da pirâmide.
 
 
Ainda mais interessante é a composição do interior da Grande Pirâmide. Como se vê, os blocos de pedra utilizados nas partes internas da Grande Pirâmide foram feitas a partir de outra forma de calcário, que contém pequenas quantidades de cristais e metais que se acredita serem duas importantes propriedades para a transmissão de energia.
 
Além disso, os eixos construídos dentro da Grande Pirâmide foram feitos de granito, que é uma substância ligeiramente radioativa que permite a ionização do ar dentro dos poços de ar da Grande Pirâmide; Características semelhantes podem ser encontradas em um cabo condutor isolante.
 
Embora a ideia de que a Grande Pirâmide do Egito tenha sido usada ​​como uma gigantesca usina gerando energia livre seja super aceitável, ela é firmemente rejeitada pelos estudiosos tradicionais. Esta teoria poderia explicar numerosos enigmas sobre a própria Pirâmide e a sofisticada sociedade que se estabeleceu no Rio Nilo milhares de anos atrás.
 
As pirâmides no planalto de Gizé se elevam acima das camadas calcárias situadas embaixo (aquíferos), e os espaços entre elas são preenchidas com grandes quantidades de água, e essas camadas de rocha são capazes de transmitir energia para cima quando carregam a água subterrânea para o superfície. Isto significa que o fluxo de grande volume de água que passa através destas cavidades subterrâneas é capaz de produzir uma corrente eléctrica, conhecida como fisio-eletricidade. Fisio-eletricidade pode ser definida como "A eletricidade obtida a partir de movimentos físicos naturais com a ajuda de certos dispositivos de captação - podendo ser denominada como fisio-eletricidade."