O enigma de Valiant Thor: O responsável por manter a ordem na galáxia

11/06/2017 16:36
 
 
De acordo com o livro “Stranger at the Pentagon” (“Um Estranho no Pentágono"), de autoria do Dr. Frank E. Stranges, Valiant Thor (um possivel extraterrestre) teria aterrissado no nosso planeta no dia 16 de março de 1957, pontualmente às 8h, em um campo de cultivo de Alexandria, na Virginia.
 

Chegada a Terra

 
Segundo o livro, não demorou até a polícia aparecer no local do pouso e encontrar o extraterrestre — um indivíduo de aparência humana, com cerca de 1,85 de altura, perto de 85 quilos, olhos castanhos e cabelos ondulados — aguardando tranquilamente a chegada dos oficiais. No entanto, os policiais se depararam com um pedido peculiar: o sujeito exigia se encontrar com Dwight Eisenhower, o então Presidente dos EUA.
 
Valiant Thor foi levado até o Pentágono, onde teria passado por toda a segurança e conseguido acesso ao interior do complexo usando apenas a força da mente. Em um primeiro momento, ele teria sido escoltado somente por um comandante da Força Aérea — com quem se comunicou telepaticamente — e foi recebido pelo Secretário de Defesa norte-americano, Charles Erwin Wilson.
 
Mais tarde, Valiant Thor teria sido recebido pelo vice-presidente, Richard Nixon, assim como pelos demais homens no comando dos EUA e, finalmente, levado à Casa Branca para se encontrar com Eisenhower em pessoa. 
 

Missão intergaláctica

 
 
O suposto extraterrestre seria um dos mais altos comandantes de seu planeta e teria sido enviado à Terra por membros do Alto Conselho — responsável por manter a ordem na galáxia — para levar a cabo uma importante missão. A comunidade galáctica estaria muito preocupada com o crescente arsenal nuclear desenvolvido pelos terráqueos e com a possibilidade de que uma guerra nuclear acabasse acontecendo e resultasse na aniquilação da humanidade.
 
Com esse problema para resolver, Valiant Thor teria passado três anos aqui no nosso planeta, em plena Guerra Fria, tentando convencer pessoas do alto nivel de importancia a não se meter em 'confusão' (um dos pedidos do extraterrestre teria sido para realizar o desligamento das armas nucleares) e colaborando em diversos projetos secretos. Além disso, ele não estaria sozinho entre nós, e essa não seria a primeira vez que um ser extraterrestre vinha à Terra.
 

Algumas provas da veracidade do caso 

Valiant Thor, na imagem em destaque 
 
*Existem muitas fotos de Valiant Thor. Várias delas. Algumas inclusive mostrariam o extraterrestre durante encontros com altos oficiais do governo norte-americano. E ninguém jamais veio a público para negar sua autenticidade. 
 
*Frank E. Stranges, o cara que escreveu o livro sobre Valiant Thor na Terra, era um agente federal com acesso ao Pentágono e teria o conhecido pessoalmente. Além disso, os relatos de Stranges foram confirmados por inúmeros oficiais ligados ao governo, entre eles um homem chamado Harley Bird, sobrinho do almirante Richard E. Byrd, que trabalhou para o Departamento de Defesa na época em que o alien esteve no nosso planeta.
 
*Outra pessoa que confirmou o relato foi um geólogo e engenheiro chamado Phil Schenider, que teria participado de vários projetos secretos do Governo dos EUA, como a construção de diversas bases militares subterrâneas, e trabalhado na famosa Área 51. Ademais, membros da família de Eisenhower - incluindo a neta do antigo presidente, Laura Eisenhower - também garantem que Valiant Thor era mesmo um extraterrestre e que sua história é verdadeira.

 

Fonte\Fonte