O dia em que um UFO escapou com facilidade de uma frota de jatos soviéticos supersônicos

10/09/2017 12:03
 
 
Foi em 1975, quando o general Zvonimir Jurjevic comandante da Defesa Aérea testemunhou o que ele descreveu como uma nave espacial de outro mundo. 
 
Em janeiro de 1975, os pilotos de sua esquadra se encontrariam com um OVNI, cara a cara, pela primeira vez... "O enigmático objeto voador 'explodiu' no céu, mas reapareceu na frente dos caças."
 
"O objeto parecia uma bola brilhante, claramente visível, talvez 10 vezes mais brilhante que a estrela mais brilhante naquela época. O UFO mudou a cor incessantemente: branco, amarelo, vermelho claro, laranja, e assim por diante ", disse Jurjevic durante uma entrevista de imprensa.
 
Durante o mesmo mês, o OVNI apareceu todos os dias, sempre 50 minutos após uma decolagem. Os pilotos atrasaram deliberadamente seu tempo de decolagem, para testar o fenômeno, porem, o OVNI apareceu, mais uma vez, 50 minutos após a decolagem.
 
Um dia, mais precisamente em 25 de janeiro de 1975, o general Jurjevic decidiu ir atrás do OVNI.
 
Exatamente 50 minutos após a decolagem, o objeto voador não identificado apareceu sobre os céus da cidade de Cetinje.
 
 
Assim que os jatos de combate (MiG) começaram a persegui-lo, o UFO mudou de direção e foi para à cidade de Budva, desaparecendo no céu.
 
Este OVNI reapareceu por vários dias e Jurjevic comunicou cada incidente a Belgrado. Um dia, no entanto, o general surgiu com uma estratégia diferente, para tentar interceptar o UFO de uma vez por todas.
 
Dois aviões deveriam decolar, e mais dois aviões de combate deveriam segui-los mais tarde, mas decolando de um aeródromo diferente com o objetivo de cercar o objeto misterioso. Os pilotos mantiveram silêncio de rádio durante todo o voo.
 
Os dois MiG-21 soviéticos supersônicos chegaram a Belgrado, tentando perseguir o objeto voador não identificado, mas sem sorte. Aproximar-se era literalmente impossível.
 
"Eu reduzi a velocidade e a distância (do objeto) era a mesma. Eu aumentei a velocidade e a distancia (do objeto) ainda era exatamente a mesma". 
 
De repente, a OVNI fugiu a 1700 quilômetros por hora; então, do nada, o UFO apareceu seguindo os aviões que estavam perseguindo ele; Os MiG super rápidos não conseguiram se aproximar do OVNI, e muito menos derruba-lo.
 
Curiosamente, a estação de radar na península de Prevlaka não conseguiu "ver" o objeto, no entanto, quando os dois MiG-21 soviéticos chegaram em Belgrado, os radares jugoslavos conseguiram captar um sinal estranho no céu.