O Banco de Sementes do Julgamento Final escondido no fundo do Ártico

12/12/2016 09:41

Escondido á cerca de 120 metros de profundidade dentro de uma montanha em uma ilha remota, o "Banco do dia do Julgamento Final" é um dos lugares mais seguros do mundo 

 
 
Muitos de nós imaginamos - e vimos nos filmes - cenários em que, devido a desastres naturais, mudanças climáticas ou até mesmo guerra global, a vida como a conhecemos chega ao fim na Terra. Na verdade, a catástrofe atinge tão rapidamente que partes da Terra são tornadas inóspitas, levantando muitas questões relacionadas com a sobrevivência da humanidade. 
 
A fim de manter a Terra como ela está, totalmente viva, e para se certificar que eventos catastróficos não vão acabar com a vida vegetal na Terra (ou determinadas espécies), há um cofre secreto localizado no Ártico.
 
Escondido dentro de uma montanha localizada em uma ilha remota entre a Noruega e o Pólo Norte, o banco de sementes do dia do julgamento é projetado para garantir que a humanidade tenha um plano B de resgate se o pior acontecer.
 
Svalbard é considerado como o lugar mais setentrional do mundo que ainda tem vôos programados, de acordo com o Crop Trust, o grupo responsável pelo sistema global de banco de sementes.
 
 
Curiosamente, como o "banco de sementes do dia julgamento final" está localizado e enterrado sob o gelo, ele poderia permanecer congelado por cerca de 200 anos, mesmo se o sistema de energia falhasse.
 
O cofre é o lar de inúmeras sementes de diferentes instituições de quase todos os países do mundo, coletadas de mais de 1.500 bancos de genes globais que armazenam amostras de sementes de todas as culturas nativas da respectiva região pertencente. Sementes de todo o mundo são enviadas para Svalbard em grandes caixas que são digitalizadas com raios-X antes da admissão, a fim de garantir que o que está chegado são apenas sementes.
 
Curiosamente, o cofre é desbloqueado apenas para depósitos, que acontecem três ou quatro vezes por ano.
 
Para entrar no cofre é extremamente complicado, ou melhor, quase impossível devido ao conteúdo que ele contém. De acordo com relatos, existem cinco portas com bloqueios codificados que qualquer um que entre no cofre é obrigado a passar.
 
Além disso, The Crop Trust diz que os ursos polares - que superam em numero os humanos na ilha - fornecem uma "camada de segurança" extra.