O Alien e o México ! (melhores provas)

29/07/2014 22:35
O MISTERIO dos... ALIENÍGENAS NO MÉXICO
 
pesquisa, vídeos e fotografias com referências
 
 
A criatura na foto acima é o famoso SER DE MENTEPEC, protagonistas de um dos mais conhecidos casos de alienígenas capturados vivos. E aconteceu no México
 
LINK RELACIONADO
15/09/2009
O PEQUENO ALIENÍGENA DO MÉXICO
[http://www.sofadasala.com/extraterrestre/alien02mexico.htm]
 
A crença na presença, clandestina, na Terra, de indivíduos e/ou raças não-humanas; o universo dos humanóides que utilizam incompreensíveis energias e tecnologias de transporte e comunicação, essas são ideias que, atualmente, ocupam seu próprio e vasto nicho cultural abrangendo desde a emergência de novas ciências - ainda que muitos as chamem falsas ciências - até a fantasia do imaginário popular em nações de todo o mundo.  
 
As criaturas avistadas, filmadas, fotografadas em diferentes épocas e países, estes seres que alguns estudiosos destacam, na Idade Média, teriam sido identificados como demônios, duendes, fadas - contemporaneamente, são mais frequentemente associados, de modo genérico, aos ETs.
 
Os estranhos são extraterrestres. Porém, por trás do rótulo genérico "extraterrestre" existem numerosos seres já catalogados,  fisicamente, muito diferentes entre si, suscitando outras tantas teorias que vão além da hipótese exógena: da criatura que vem de fora, do espaço.
 
Atualmente, existem e coexistem numerosas outras hipóteses que consideram, a priori, que nem todos os humanoides alienígenas que têm sido flagrados pelas câmeras do mundo são,  necessariamente, provenientes de outros planetas. Entre as hipóteses alternativas destacam-se:
 
 
 
- a hipótese dos intraterrenos, uma civilização, uma raça humanoide ou algumas, habitantes dossubterrâneos. Entre estas raças poderiam ser incluídos dos já bem conhecidos reptilianos
 
- Os humanoides provenientes de outras dimensões existenciais, de universos paralelos, de outras faixas de Tempo, do futuro, por exemplo.
 
- Os humanoides que são entidades terrenas mas pertencentes a outras faixas vibratórias da Realidade: espíritos da Natureza, elementais, gênios, como as fadas, duendes e todos os demônios medievais.
 
Os registros de imagem desses seres humanoides são muito mais raros que os registros dos OVNIs. Embora os avistamentos ou aparições desses alienígenas, assim como os avistamentos de OVNIs, ocorram em todo o mundo, em alguns países existe uma tradição mais arraigada de relatos ou, um zelo maior em relação aos registros. É o caso da Rússia, por exemplo.     
 
Na América Latina, há alguns anos, chama a atenção o número de registros de imagens desses alienígenas no México e na Argentina. Nos dois países, a ufologia e a exobiologia despertam enorme interesse entre estudiosos, acadêmicos e amadores de diferentes áreas da ciência, bem como entre o público em geral e entre os midia.
 
Os OVNIs e seus supostos ocupantes estão sempre nas manchetes, como aconteceu, recentemente (final de 2012), com o estranho objeto luminoso cilíndrico de esteve a entrar e sair do vulcão Popocatepetl.
 
De fato, uma das tradições ufológicas do México, fundindo-se às antigas crenças animistas que relacionavam os deuses aos fenômenos geológicos do vulcanismo - na região - afirma que as aeronaves estão sempre perto dos vulcões e das grandes montanhas de formação vulcânica porque nestes locais, uma avançada Raça de humanoides intraterrenos,  trabalha na extração de matéria  prima energética.
 
Além disso, muitos desses vulcões e montanhas possuem entradas para um outro mundo, uma outra Humanidade, subterrânea onde vivem as Raças da Terra Oca.
 
 
 
Os humanoides são vistos com certa frequência e têm sido, fotografados e filmados nos bosques que circundam vulcões e outras montanhas. 
 
Porém, enquanto os pesquisadores examinam as imagens e cogitam entre terráqueos ou não,  muitos moradores de pequenas cidades e vilarejos. onde ocorreram esses avistamentos, onde foram feitos registros, aquelas pessoas, mais simples, vêm essas criaturas como velhos conhecidos da cultura local: seres mágicos, guardiões da Natureza, das árvores, das grandes rochas, como a Peña de Lobos, dos vulcões, como o Popocatepetl.     
 
 
REGISTROS DE ALIENÍGENAS NO MÉXICO
 
com referências 
 
ALAMO, MEXICO. 29 de Setembro de 2002, durante uma festa, essa criatura (abaixo) foi avistada e fotografada (abaixo) pelos presentes que somavam cerca de 50 pessoas. As imagens foram feitas por uma das testemunhas, que tinha uma câmera - identificado na vídeo-palestra como Ivan Geraldo. (IMAGENS: MAUSSAN, 2005 - Parte 2)
 
 
ABAIXO: CLOSE NA CRIATURA em 13 minutos e 20 seg..
 
 
ABAIXO - ALAMO, estado de Sonora. 29 de Setembro de 2002, durante a mesma festa, mais um flagrante da presença alienígena. (IMAGENS: MAUSSAN, 2005 - Parte 2 em 14 minutos e 33 seg.)
 
 
 
 
ABAIXO - CIDADE DE SAMAHIL, estado de YUCATAN. JULHO, 2003. Foto obtida por uma adolescente de 14 anos (em 2003). Na cidade, testemunhos gravados em vídeo asseguram que vários destes seres foram vistos na região durante alguns meses naquele ano.  (MAUSSAN, 2005 - Parte 2)
 
 
 
ABAIXO: CIDADE DE JUAREZ, estado de CHIHUAHUA . MAIO DE 2004. (MAUSSAN, 2005 - Parte 2)
O jovem que aparece na foto enviou o registro ao pesquisador em condição de anonimato e alegou: ele temia ser ridicularizado.
 
 
ABAIXO: A mesma imagem com aproximação e contraste no detalhe.
 
 
 
 
CIDADE DE HIDALGO,  ESTADO DE NUEVO LÉON
ENTRE 27 E 28 OUTUBRO DE 2006
[http://www.veoh.com/tv/watch/v516197075KyKgqft] 
 
2006. Nas imagens abaixo, a criatura aparece em vídeo apresentado por Jaime Maussan (quase 6 minutos de duração), em local próximo ao Lago Azteca (na região da Reserva homônima). A reportagem foi gravada em 2006 por Gilda Estrada e Sergio Garcia, investigadores de fenômenos paranormais. 
 
 
 
 
Eles, os repórteres investigadores, foram chamados por moradores das imediações que relataram avistamentos de um ser humanoide de pequena envergadura que arrastava-se no chão, como se estivesse ferido. Chegando ao local das ocorrências, a dupla de jornalistas deparou-se com cena que ficou registrada no vídeo. 
 
Gilda Estrada relata, ainda, que a permanência no lugar era quase impossível devido a um forte e desagradável odor de enxofre que parecia emanar do humanoide. 
 
Julgando morto o alienígena, Estrada e seu parceiro resolveram voltar à cidade e providenciar material adequado para o resgate do cadáver (container, luvas, e plásticos), a fim de evitar contato direto com o organismo desconhecido e, assim, qualquer contaminação microbiológica entre espécies (humanos-alien).    
 
Porém, quando voltaram ao local, já à noite, o corpo havia desaparecido o que faz suscitar duas possibilidades: o humanoide estava vivo e conseguiu evadir-se; morto ou não, alguém, talvez, semelhantes, resgataram-no.
 
 
 
PEÑA DE LOBOS (Reserva ambiental)
 
ESTADO DO MEXICO,  2011
 
 
 
Como cenário de eventos paranormais, Peña de Lobos é um dos inúmeros cartões postais do México insólito. É um lugar de muitas histórias: entre Lendas e rumores, ali, um corpo de crenças mais ou menos folclóricas, incluem desde seres mágicos, transdimensionais, guardiões dos bosques até os mais recentes personagens do imaginário popular, os estranhos, alienígenas, os humanóides: extraterrestres ou intra-terrestres com suas aeronaves luminosas.
 
 
[http://youtu.be/M8gKK288X9g]
 
ACIMA - Fotografía de um ser gris em Peña de Lobos. Na região comenta-se que estes seres vivem nos bosques há muitas gerações. Eles teriam aparecido depois que um objeto voador não identificado acidentou-se naquela área. O incidente é tão antigo que seu relato já foi incorporado ao acervo de lendas locais.
 
Del programa GET2 México (GET=Guía Extraterrestre). Se rumora a partir de una fotografía de un ser gris en Peña de Lobos, que ellos viven en los bosques de la zona, desde hace mucho tiempo atrás, cuando cayó un objeto desconocido.
 
 
  
ACIMA. A reportagem chama a atenção para o braço da criatura, à esquerda na imagem, parece estar se desintegrando, desaparecendo. O administrador do complexo de cabanas da Reserva, José Luis Silva - que afirma ter estado presente na ocasião em que a foto foi feita, confirma o fenômeno: ele teria testemunhado o desaparecimento completo do humanoide.
 
Em um vídeo (postado na internet em 3 de agosto de 2013) no Canal de WEB TV INFINITE - oapresentador do programa Realidade Ponto Zero, Adrian Moscoso Pacheco diz que foiprocurado pelo produtor de um programa de rádio sobre o paranormal e ufologia, Carlos JavierContreras - do município de Jilotzingo.
 
Foi Contreras que mostrou a foto - do cinza da Peña de Lobos - a Moscoso Pacheco. Esteresolveu investigar o assunto no local, a floresta da Reserva Ambiental da Pena (dos lobos Stone).
 
De acordo com Contreras, no vídeo que foi postado na internet em agosto de 2013, a imagem exibida teria sido obtida muitos anos antes, por um turista, em 2011.
 
 
 
José Luis Silva, há 30 anos proprietário de um complexo de cabanas na Reserva, além a fotografia original - e mostrou o documento aos jornalistas (aos 6 minutos e 32 segundos da reportagem) - declarou ter testemunhado o avistamento e descreveu a criatura e seus movimentos. O ser teria fugido ao perceber que estava sendo fotografado (ou observado).
  
FONTE : http://sofadasala-noticias.blogspot.com.br/201
 
 
Leia mais: http://www.new-age-gamer.com/news/o-alien-e-o-mexico-melhores-provas-/