Nova teoria sugere que podemos estar vivendo dentro de uma entidade extraterrestre

21/11/2016 10:29

 

 

Imagine isso: A humanidade e tudo o que vemos ao nosso redor, está localizado dentro de uma entidade alienígena super-avançada. Os cientistas propõem uma teoria controversa sugerindo que essa poderia ser uma das razões pelas quais ainda não encontramos extraterrestres. "Talvez nosso universo seja uma das novas maneiras pelas quais alguma outra civilização super-avançada transcreveu seu mundo", diz um astrofísico americano. A vida alienígena pode ser tão avançada que se tornou indistinguível da física.
 
De acordo com uma teoria extraordinária proposta por Caleb Scharf - astrofísico e diretor de astrobiologia na Universidade de Columbia, Nova York (EUA) - se ainda não encontramos vida alienígena é porque o universo, de fato, é um alienígena.
 
Talvez o universo seja o "cérebro" de uma raça alienígena hiper-avançada; Ele propõem a teoria em um artigo para a revista científica Nautilus.
 
Nesse sentido, o astrofísico americano propõe a surpreendente ideia de que uma espécie alienígena pode ter se tornado tão avançada que seria indistinguível da física.
 
Escrevendo para Nautilus, Caleb Scharf propoem:
 
"... Presumivelmente, a vida não precisa ser feita de átomos e moléculas, mas pode ser montada a partir de qualquer conjunto de blocos de construção com a complexidade necessária. Se assim for, uma civilização poderia então transcrever a si mesma e todo o seu reino físico em novas formas. De fato, talvez nosso universo seja uma das novas formas em que alguma outra civilização transcreveu seu mundo ... "
 
No artigo, Scharf enfatiza que apenas 5% do universo é composto do material que conhecemos e entendemos enquanto 27% é considerado "invisível" e misterioso.
 
O cientista também opinou que a matéria escura "poderia conter uma complexidade real", e talvez seja onde "toda a vida tecnologicamente avançada termina (...)".
 
Se tal civilização avançada existir, de fato, e se conseguisse aprender a codificar sistemas vivos, "tudo o que você precisaria fazer é construir um sistema de transferência de dados de matéria normal para matéria escura: uma impressora de matéria escura 3D", ele teoriza no artigo publicado no Nautilus.
 
"... Ou para dar um passo adiante, talvez o comportamento da matéria cósmica normal que atribuímos à matéria escura seja provocada por outra coisa: um estado vivo que manipula a matéria luminosa para seus próprios propósitos", acrescentou Scharf.
 
"Em outras palavras, a vida pode não estar apenas nas equações. Podem ser as equações ", concluiu Scharf.