Ningen, a Criatura Humanóide da Antártica

13/08/2014 23:19

 

 

Estranhos rumores têm circulado no Japão sobre a existência de gigantescas formas de vida humanóides habitando as águas geladas da Antártida.
É um fato conhecido que, mesmo neses tempos de tecnologia e pós-modernidade, as profundezas dos oceanos da Terra escondem mistérios que jamais foram contemplados pelo homem, especialmente, estranhas formas de vida que ali possuem seu habitat.
Esses rumores tiveram início no Japão na década de 1990, quando os homens do mar começaram a falar de uma forma absolutamente desconhecida de vida; os Ningen.
Em japonês, Ningen significa "humano", e foi assim que os pescadores dos Pacífico o apelidaram depois de alguns avistamentos desse ser colossal. Se os pescadores ficaram espantadores com o tamanho do Ningen, mais ainda se surpreenderam com suaaparência: uma forma muito simiular a nossa.
Os Ningen são descritos, e foram fotografados, como sendo criaturas de cor branca, e seu comprimento é estimado em 20 a 30 metros. As testemunhas reconhecem nesse ser uma semelhança com a forma humana, pois ele possui cabeça, tronco e membros semelhantes a pernas e braços, e  mãos com cinco dedos.
Alguns perceberam barbatanas e acham que as pretensas pernas são, na verdade, uma forma de cauda, semelhante a de uma sereia. Mas os Ningen também possuem traços faciais, olhos e boca humanóides.
Os avistamentos aconteceram não apenas no Pacífico, mas nas águas dosmares da Antártida e do Atlântico. Segundo parece, essas criaturas são noturnas, mas também já foram avistadas durante o dia. Tudo indica que são habitantes de águas geladas.
Um dos primeiros relatos sobre o Ningen apareceu  em um fórum popular da Internet japonesa conhecido como Canal 2. A testemunha anônima, enviou uma postagem onde narrava que, enquanto trabalhava em uma equipe de pesca, um baleeiro de pesquisa do governo, uma dessas criaturas emergiu das profundezas.
A equipe do baleeiro se reuniu no convés para ver o que se passava. Inicialmente, pensaram que se tratava de um submarino, mas logo se tornou evidente que aquilo não se tratava de uma máquina, mas era uma forma de vida, um gigante que respirava. Esse ser, que naquele momento foi considerado uma anomalia biológica, submergiu logo depois.
A equipe conseguiu fazer uma série de fotos do monstro desconhecido, porém, essas imagens teriam sido censuradas por autoridades japonesas. Porem, uma vez colocada na Internet, a informação espalhou-se, ganhou o mundo, e assim nasceu uma nova lenda urbana, a lenda do Ningen.  Em novembro de 2007, a história e algumas fotos apareceram em uma revista japonesa, a "Mu", que é dedicada a fatos paranormais e coisas insólitas.
O artigo sobre o Ningen foi um sucesso. A partir daí, começaram a aparecer numerosos relatos sobre avistamentos dessas criaturas, assim como fotos e vídeos. Todo esse material não foi considerado pelos cientistas como prova suficiente da existência desse ser. Porém muitos acreditam que o governo japonês está investigando, sigilosamente, a veracidade dos fatos.
Quem os viu, dizem que esses gigantes brancos emitem um som semelhante a um longo lamento, e também que podem andar sobre dois pés e caminhar em terra firme.
Os especialistas acreditam que a ciência conhece apenas 20% das criaturas que vivem nos oceanos do mundo. Por isso, é mais do que provável, é praticamente certo que existam muitas espécies que ninguém jamais viu. Especialmente nos mares gelados, onde a presença humana é rara.
Sendo assim, não é nada de extraordinário que a humanidade venha a depara-se, eventualmente, com seres vivos que parecem ter saído de um pesadelo.
Olha, eu não queria ver o Ningen, não... Deus me livre!
 
Fonte : http://www.sobrenatural.org/
 
 

Leia mais Mistérios / Clique na Imagem