Nibiru : O astrónomo americano Gill Broussard

28/04/2015 22:09

 

 

 

O astrónomo americano Gill Broussard
 
Acredita que pelos seus "cálculos imprecisos", o retorno de Nibiru está dentro de uma margem entre 2015 a 2017. Esse astrónomo pertence a uma rede de astrónomos amadores em volta do planeta cujo objetivo principal é rastrear Nibiru.
 
Observatórios
 
Os americanos sabendo que estão diante de uma situação final, “derradeira”, do tipo “Evento de Extinção em Massa”!... Não deixaram por menos. Sem constrangimentos ou arrependimentos, trataram de gastar dinheiro; (parte daqueles 11 triliões que sumiram). 
 
Foram muitos biliões de dólares para lançamento dos mais diversos tipos de satélites observatórios. Uns para acompanhar a trajetória de Nibiru; outros, exclusivamente para observar o Sol e outros ainda para observar cuidadosamente os asteróides deslocados por Nibiru quando da passagem pelo cinturão de asteróides. Eu mesmo acompanho online, ao vivo 8 satélites de monitorização solar, a saber: 
 
1) Soho 
2) SDO 
3) Stereo A e Stereo B
4) Proba2
5) Yohkoh
6) Iris
7) ACE 
8) GOES-14
 
Seis deles, ao vivo (qualquer pessoa tem acesso!)
 
Satélites e Observatórios para Observação de Nibiru e outras ocorrências.
 
1) Spitzer - Infravermelho 
2) Galex - Ultravioleta
3) Xandra e Galex - Raio X
4) Wmap - Microondas
5) Iras - Infravermelho
6) Em Terra - no Pólo Sul: Telescópio BICEP1 e BICEP2 e mais tarde, BICEP3.
 
Satélites para Observação de Meteoros, Cometas e Asteróides
 
Há vários telescópios em terra e no espaço, programados para detectar Meteoros, Asteróides e cometas, incluindo radio telescópios.
 
Nunca se monitorizou anto os céus. Os rumores de meteoros que poderão cair na terra são muitos. As ameaças são hoje constantes. Antes eram raras. Esses monitorização, a NASA os faz desde 1980 através do Astrónomo Brian Maroden Geoffrey - Centro de Pequenos Planetas, morto em 2010.
 
Hoje, sabe-se que há grandes possibilidades de caírem meteoros de médio porte na Terra. 
 
Mas há silencio governamental em torno desse assunto pelos mesmos motivos de terem escondido Nibiru. O motivo já se conhece: Pânico total das populações!...
 
Para aqueles que gostam de pesquisar eu os convido a assistir o vídeo abaixo. Vejam a certeza deste postulante: Ex-repórter da CNN, Marshall Masters – Setor de Ciência investigativa, o qual investiga Nibiru desde 2002. Escreveu livros, e realizou juntamente com a “National Geografic” e a CNN diversos documentários sobre Nibiru e questões correlatas. 
 
O Vídeo abaixo tem duração de 42 minutos e foi publicado no Youtube em 08 de junho de 2014. Suas observações são muito bem fundamentadas. Há uma legião de admiradores e seguidores em todo o mundo. 
 
O vídeo está em inglês. Contudo, você pode acionar “legendas ocultas” depois click em “Ativar” e depois acionar “traduzir legendas” para o seu idioma preferido, incluindo o “português”. Dessa forma dá para entender muito bem a narrativa.
 
 

Veja mais Mistérios / Clique na Imagem