Mistério: homem gigante é visto andando na Lua

11/10/2014 09:49
  
É possível ver uma estranha figura humana atravessando uma das planícies desertas da Lua. Não acredita? Basta visitar o Google Earth (Moon) e digitar as seguintes coordenadas: 27°34'26.35"N 19°36'4.75"W.
 
A imagem se parece muito com a do Colosso de Rodes, uma estátua de Hélio – o deus do sol na Mitologia Grega –, que tinha 30 metros de altura, pesava 70 toneladas e era feita inteiramente de bronze. Entretanto, o monumento, que foi considerado uma das sete maravilhas do mundo antigo, desmoronou no ano de 226 a.C.
 
Mas o que é de verdade?
 
A estranha figura foi encontrada por Jasenko, um caçador de anomalias, que vasculhou milhões de imagens publicadas no Google Earth e que formaram a paisagem do Google Moon.
 
Explorando uma área desolada da Lua, o youtuber wowforreeel destacou o objeto, mudou o ponto de vista para um ângulo horizontal e aumentou o zoom na estranha sombra do que parece ser a estátua de um homem gigante, com as pernas abertas e talvez com centenas de metros de altura.
 
 
Claro que a sombra poderia ser explicada de diferentes maneiras, principalmente como um truque de luz ou um glitch da câmera do satélite. Entretanto, se deixarmos de lado essas explicações, ainda resta a dúvida sobre do que se trata esse objeto, uma vez que ele parece se sobressair a uma grande distância da superfície da Lua.
 
Não é o primeiro gigante visto na Lua
 
A estranha figura lembra a anomalia conhecida como “The Shard” (A Torre), a qual foi descoberta por Richard C. Hoagland, em 1967. Claro que na época a qualidade da imagem era bem menor, mas o evento causou muita especulação no meio científico, principalmente antes da NASA pousar pela primeira vez na face da Lua, em 1969.
 
Todavia, o fenômeno pode ser também só mais um exemplo de pareidolia – um fenômeno estritamente psicológico que envolve um estímulo vago e aleatório, mas que é percebido pelo cérebro como algo que faz sentido. Ou seja, mesmo que o colosso não seja mais do que apenas uma sombra na lua, nossa mente é levada a compará-lo com algum elemento conhecido, visando assim extrair algum significado.
 
Alguns exemplos de pareidolia são as imagens de santos vistas em janelas; os animais e objetos enxergados nas nuvens; e as mensagens secretas ouvidas ao se tocar um disco ao contrário. Mas, ainda assim, dá um pouco de medo pensar que os gigantes estão caminhando tranquilamente na Lua, bem em cima de nossas cabeças.
 
Fonte : Mega Curioso